ZONZO, novo disco de Fabio Góes, está disponível no Deezer

ZONZO é o terceiro trabalho de Fabio Góes, álbum gravado ao longo de quase dois anos em São Paulo e disponível a partir do dia 16, exclusivamente no Deezer. No disco, lançado pelo selo Label A, o músico provoca um “desnorteamento” positivo nos ouvintes: suas 11 faixas procuram fugir do óbvio que dita o caminho de grande parte do pop e do rock atuais. Repleto de referências musicais importantes na trajetória artística de Góes, ZONZO traz participações de Tulipa e Gustavo Ruiz, Guilherme Held, André Faria (Aldo, The Band), da francesa Maud Nadal e da banda mineira Transmissor.

A autoral “Nerves” e a versão de Góes (com Maud Nadal) para a clássica “O Trem Azul” (Ronaldo Bastos/Lô Borges) já haviam sido divulgadas com exclusividade no portal iG, em agosto. Ali dava para sentir um pouco da personalidade de ZONZO, com baixos cheios de groove, violões, bateria marcada e vocais propositadamente distorcidos, duplicados, filtrados.

A faixa “Apenas Simplesmente”, lançada com exclusividade no blog Trabalho Sujo, traz as participações de Tulipa Ruiz (voz) e de seu irmão Gustavo (guitarras e no violão). Forte candidata a hit de ZONZO, a track é dançante e inesperada, com seus “ataques de bateria”, cowbell e coros (também a cargo de Tulipa).

“Perto” é divertida e deliciosamente retrô, perfeita para as pistas de dança. Entre seu sax, coro e a guitarra de Guilherme Held, é um pouco como se a Blitz encontrasse os Strokes em uma balada de São Paulo.

“Moça” e “Rei”, intensas e repletas de elementos climáticos, e “Dois Lados”, com a participação da banda Transmissor (da cantora Jennifer Souza), são outras faixas que se destacam em ZONZO, um trabalho elaborado e cheio de texturas, que soa mais complexo a cada audição.

ZONZO tem produção de Dudinha Lima, que acompanhou todos os detalhes e a construção do disco, e chega ao mercado pelo selo Label AZONZO sucede os elogiados Sol no Escuro (2007) e O Destino Vestido de Noiva (2011). Os dois álbuns figuraram entre os 25 melhores do ano em que foram lançados, segundo a revista Rolling Stone.

Sobre Fabio Góes:

Cantor, compositor e produtor musical, Fabio Góes esteve na equipe de trilhas sonoras de filmes consagrados, como Abril Despedaçado, de Walter Salles (2001), e Cidade de Deus (2002), de Fernando Meirelles e Kátia Lund. Mais recentemente, criou a trilha sonora do longa Carrossel – O Filme (2015). Foi responsável pelas trilhas das séries Latitudes (Melhor Série de 2013 pela APCA), Pedro & Bianca (Emmy Kids Internacional como Melhor Série em 2013) e Lili, a Ex (2014); sua canção “Sonhando”, interpretada pela cantora Céu, fez parte da trilha do filme Não Por Acaso (2008), o primeiro do diretor Philippe Barcinski. Em 2009 uma canção sua, “Pictures”, figurou em um comercial de automóvel e gerou grande repercussão entre sites e blogs. Já em 2010 a faixa “Sem Mentira”, do primeiro álbum de Góes, Sol no Escuro, foi tema da série Alice, da HBO.

Ouça ZONZO:

Deezer

Fabio Góes na web:
Facebook
YouTube

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com