Violeiro Chico Lobo resgata crenças e tradições em novo disco

Álbum Louvação traz canções e poesias que mergulham no universo místico do sertão pela viola caipira

Após o sucesso do álbum Viola de Mutirão – do sertão ao mundo (2016), o violeiro Chico Lobo resgata uma grande paixão em seu novo trabalho: Louvação (2017) é um misto de poesia e músicas cheias de fé. O álbum marca a parceria entre o violeiro e o padre Vicente Ferreira – um encontro a partir da crença cristã que consagra o forte regionalismo presente em toda obra de Chico Lobo. Louvação tem distribuição da Kuarup e já está disponível em todas as plataformas digitais.

O repertório canta o cotidiano do sertão, esse Brasil profundo que inspira os mais de 30 anos de carreira do músico. “Esse novo trabalho me fez aprofundar minha música com a palavra, tecendo melodias para poesias, que se tornaram cantigas, bem como para trilhas em poesias declamadas pelo querido parceiro e poeta Pe. Vicente Ferreira”, explica o violeiro.

Louvação registra a sina de entregar ao divino o seu cotidiano de plantar e colher, com esperança de vencer a seca do agreste; fala sobre a importância ímpar nas comunidades rurais e festas religiosas, que enaltecem a amizade e união das pessoas; mostra a força de um dom que move o coração humano para o bem.

O disco tem a participação especial da dupla mineira Paulo & André na faixa “Casa Sagrada”, uma bela toada seresteira que representa a casa sempre aberta para receber visitas com toda hospitalidade que só o povo mais simples sabe ter. Já em “Amor de Mar”, música de poesia pura, a viola de Chico Lobo dialoga com o violoncelo de Sérgio Rabello, com a força dos tambores de congado. Tarefa exaltada por Chico: “numa parceria a gente sempre doa um pedaço de nossa intuição para somar com a de outro. A belíssima unidade que alcançamos, nesta nova obra, está alinhavada e costurada pela fé cristalina, expressa na cultura popular da gente simples desse nosso imenso Brasil profundo.”

Produzido por Ricardo Gomes, responsável por autêntica sonoridade brasileira, as canções e poesias têm a assinatura da viola inconfundível de Chico Lobo, enaltecem sentimentos de amor e amizade, a vida estradeira, resistência e as relações de gratidão. Assim, com suas cantigas, a sensação que fica é de bem- querer. De que ainda é possível celebrar o bem, a fé, o amor e a amizade em parceria.

Ouça Louvação (2017):
Spotify

Deezer
iTunes
Google Play

Kuarup na web:
Facebook

Twitter
Instagram
YouTube
Site

Sobre Chico Lobo

Natural de São João Del Rei (MG), eleita a Capital Brasileira da Cultura 2007, o cantador de histórias, cantor, compositor e violeiro Chico Lobo não poderia tomar outro rumo que não o das artes. Violeiro desde os 14 anos, Chico insere sua paixão pela cultura de seu povo cantando o cotidiano do povo caipira. Com mais de 20 discos gravados, o músico perpetua a tradição da música de raiz tocando ritmos naturalmente brasileiros.  Recentemente, ganhou pelo segundo ano consecutivo o Prêmio Profissionais da Música como Melhor Artista Raiz Regional – Categoria Criação.

Sobre a Kuarup

A gravadora Kuarup foi fundada no Rio de Janeiro em 1977 pelo produtor Mario de Aratanha e o saudoso fagotista Airton Barbosa, do Quinteto Villa-Lobos. Hoje, é uma das principais gravadoras independentes do país. Especializada em música brasileira, possui mais de 200 títulos em seu acervo, além de ter a maior coleção de obras de Villa-Lobos em catálogo no Brasil. O repertório traz choro, música nordestina, caipira, sertaneja, MPB, samba e instrumental, entre outros gêneros. A gravadora passou a atuar na edição de músicas e no mercado editorial de livros.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com