Trovadores Urbanos comemora 25 anos com gravação de CD e DVD no Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer

Abrindo a programação da casa e mantendo a tradição das serenatas à moda antiga, o quarteto celebra seu aniversário em apresentação única para gravar um CD/DVD com a participação dos Trovadores Mirins e dos maestros Jaime Alem e Ítalo Peron

No dia 19 de fevereiro (sexta-feira), o quarteto que já fez mais de 100 mil serenatas pelo Brasil e pelo mundo celebra 25 anos de carreira com a gravação de um CD/DVD durante espetáculo único, às 21h, no Auditório Ibirapuera e cujo resultado deve ser lançado em junho. A primeira apresentação na casa em 2016 é brindada, assim, com Trovadores Urbanos – 25 anos seguindo a tradição romântica que pauta a trajetória do grupo em um show que combina teatro, música e poesia e revive este quarto de século de existência.

Os seresteiros Maida Novaes, Juca Novaes, Valeria Caram e Eduardo Santhana, acompanhados pelos músicos Pichu Borreli, no piano acústico e baixo; Cláudio Duarthe, no violão; Pratinha, na flauta e bandolim; Adriano Busko, na percussão; e Thadeu Romano, no acordeon, convidam para essa noite especial os Trovadores Mirins, a nova geração de trovadores com idade entre 7 e 14 anos, composto na sua maioria por filhos dos integrantes do projeto. Eles também dividem o palco pela primeira vez com o maestro Jaime Alem, e com Ítalo Peron, com quem repassam os 15 anos em que ele foi o seu regente e com o qual já gravaram diversos CDs.

“Os Trovadores conquistaram um espaço lindo em um país onde o grande tesouro é a sua música, mas que está deixada um pouco de lado”, comenta Maida, uma das integrantes originais do grupo. “Nós trabalhamos um diamante, que ainda tem público e esse é o caminho que seguimos”, conclui. Assim, no repertório estão clássicos como Começaria Tudo Outra Vez e Sangrando, de Gonzaguinha; Lua Lua Lua, de Caetano Veloso; Luar do Sertão, de Catulo da Paixão Cerense e João Pernambuco; Sinfonia Paulistana, de Billy Blanco; e Se Todos Fossem Iguais a Você, de Tom Jobim.

Em 22 de fevereiro de 2015 os quatro seresteiros se apresentaram no Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer antecipando as comemorações destes 25 anos de parceria. Confira no vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=iBc1CoikP9E

Mais sobre o quarteto

Os Trovadores Urbanos iniciaram a sua carreira no Dia dos Namorados de 1990 cantando músicas românticas debaixo das janelas dos homenageados. Desde então, somam cinco turnês no exterior – como a Expo-Lisboa, em 1998, e o Festival de Música em Guimarães, em Portugal, e uma apresentação nos Emirados Árabes. No Brasil, dividiram o palco com artistas como Jair Rodrigues, Inezita Barroso, Paulo Vanzolini, Alaíde Costa, Cauby Peixoto, Demônios da Garoa, Família Caymmi, Walter Franco, Germano Mathias, Bob Nelson, Toquinho e Guilherme Arantes. Eles têm, ainda, sete CD´s e um DVD gravados.

Trovadores Mirins

O grupo, criado em 1995, reúne jovens seresteiros formados em prática de canto coral. Com a regência de Lucila Novaes, à medida que eles vão crescendo passam a integrar o projeto dos Trovadores Urbanos, deixando o seu lugar para outras crianças. A atividade é desenvolvida e baseada no estudo do cancioneiro popular, marca registrada do grupo vocal original Trata-se de uma pratica sustentável, que forma os cantores de amanhã com base sólida no conhecimento passado por quem é profissional da área. Os mirins lançaram em 2014 o primeiro CD Paulistinhas, com arranjos de Pixu Borreli e capa do cartunista Paulo Caruso. Alguns integrantes destacam-se no cenário musical, a exemplo da cantora Bruna Caram, que em 1995 fez parte do primeiro conjunto dos Trovadores Mirins e hoje segue com sucesso a carreira solo.

Ítalo Peron

Produtor musical, violonista, arranjador e compositor, atua, desde 1980, tanto na área da música erudita quanto na popular, em trabalhos próprios ou acompanhando outros artistas, a exemplo de Paulo Vanzolini, Francis Hime, Carlinhos Vergueiro, Diana Pequeno, Roberta Miranda, Peninha e Trovadores Urbanos. Foi vencedor da FAMPOP (Festival de Música de Avaré, SP) por duas vezes – em 1995 (melhor música) e em 1996 (melhor música instrumental). Desenvolve trabalhos de criação, arranjo e gravação de jingles, trilhas e discos, destacando-se a atuação como produtor musical e arranjador do projeto Acerto de Contas de Paulo Vanzolini, lançado em 2003, com quatro CDs com registro de 52 músicas interpretadas por 22 artistas, como Chico Buarque de Holanda, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Elton Medeiros, Inezita Barroso, Paulinho Nogueira, Eduardo Gudin, Miucha e Márcia. Em 2009 fez a direção musical do filme Um Homem de Moral, documentário sobre o compositor Paulo Vanzolini, dirigido por Ricardo Dias e lançado em DVD. Recentemente realizou produção/direção musical e arranjos para o show Eterno como Areia, da cantora Diana Pequeno, apresentado no Teatro Municipal de São Paulo durante a Virada Cultural de 2015 e no Teatro do Sesc Belenzinho.

Jaime Alem

Compositor, instrumentista e arranjador, lançou em agosto de 2014 um álbum intitulado Meu Relicário. Iniciou sua carreira aos 16 anos em Jacareí (SP). Foi por três décadas diretor musical de Matia Bethânia, compôs trilhas sonoras para teatros, ganhou o Disco de Ouro em 1989 e no ano seguinte, o Prêmio Sharp; em 1992, foi premiado pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) como melhor arranjador. Fez a trilha sonora do filme Dois Filhos de Francisco, de Breno Silveira.

 

SERVIÇO

Trovadores Urbanos – 25 anos
Sexta-feira, 19 de fevereiro, às 21h
Duração: 90 minutos (aproximadamente)
Entrada franca
Distribuição de ingressos na bilheteria do Auditório, uma hora e meia antes da apresentação. Limite de dois ingressos por pessoa
Sujeito à lotação da casa
Classificação indicativa: Livre

Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer
Capacidade: 800 lugares
Av. Pedro Alvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque do Ibirapuera
(Entrada para carros pelo Portão 3)
Fone: 11.3629-1075
info@auditorioibirapuera.com.br
http://www.auditorioibirapuera.com.br/
Ar-condicionado. Acesso a deficientes. Proibido fumar no local.
Estacionamentos / Transporte:
Estacionamento do Parque Ibirapuera, sistema Zona Azul – R$ 5 por duas
horas. Dias úteis das 10h às 20h, sábados, domingos e feriados das 8h às 18h

Ônibus:

Linha 5154 – Terminal Sto Amaro / Estação da Luz
Linha 5630 – Terminal Grajaú / Metrô Bras
Linha 675N – Metrô Ana Rosa / Terminal Sto. Amaro
Linha 677A – Metrô Ana Rosa / Jardim Ângela
Linha 775C/10 – Jardim Maria Sampaio / Metrô Santa Cruz
Linha 775A/10 – Jd. Adalgiza / Metrô Vila Mariana

O Auditório Ibirapuera não possui estacionamento ou sistema de valet. O estacionamento do Parque Ibirapuera é Zona Azul e tem vagas limitadas. Sugerimos que venha de táxi ou transporte público 

Assessoria de Imprensa:
Conteúdo Comunicação
Fone: 11.5056-9800
Carina Bordalo: carina.bordalo@conteudonet.com
Cristina R. Durán: cristina.duran@conteudonet.com
Karina Betencourt: karina.betencourt@conteudonet.com
Larissa Correa: larissa.correa@mailer.com
Roberta Montanari: roberta.montanari@conteudonet.com

No Auditório Ibirapuera

Giovanna Leopoldi / Fone: 11.3629-1017
imprensa@auditorioibirapuera.com.br
giovanna.leopoldi@conteudonet.com
Isadora Bertolini / Fone: 11.5056-9813
Isadora.bertolini@conteudonet.com
www.conteudocomunicacao.com.br
www.twitter.com/agenciaconteudo
www.facebook.com/agenciaconteudo

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com