VERSALLE LANÇA CLIPE DE “MODELO ADEQUADO”
26 de outubro de 2015
Banda Dona Zaíra inicia em Bauru (SP) sua turnê comemorativa de 10 anos de carreira
26 de outubro de 2015

Segunda edição do festival Dias Nórdicos leva música contemporânea da região nórdica ao Sesc Pompeia

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com a música como princípio ativador de uma amplificada vivência cultural contemporânea, que conecta duas distantes regiões, DIAS NÓRDICOS ocorre pelo segundo ano consecutivo na Choperia do Sesc Pompeia. Agendado para o dia 12 de novembro, o evento selecionou expoentes musicais contemporâneos dos países nórdicos para a ocasião. Também realizado no México, Chile, Argentina e Espanha, este importante encontro de reverberação da cultura nórdica no Brasil será palco dos vibrantes shows de Lydmor (Dinamarca), Moddi (Noruega), Alice Boman + Hey Elbow (Suécia) e Hisser (Finlândia).

O festival Dias Nórdicos teve a sua primeira edição em 2010 na Espanha. Em poucou tempo, se converteu em um imperdível encontro com a criação artística do extremo norte da Europa, que, a partir da música, transita também pelo design, cinema, moda, artes plásticas, tecnologia e sustentabilidade. Em 2014, o festival ocorreu pela primeira vez em solo brasileiro (também na Choperia do Sesc Pompeia) com shows de Jay-Jay Johanson (Suécia), Thomas Dybdahl (Noruega), Zebra And Snake (Finlândia) e Rangleklods (Dinamarca).

O Dias Nórdicos é fruto da colaboração do Sesc Pompeia, Núcleo de Integração Cultural Difusa Fronteira, a produtora de atividades e conteúdos artísticos Zona de Obras (Espanha) e a instituição dinamarquesa ROSA.

DJ HIDRÁULICO – Daniel Gonzalez Xavier (São Paulo, Brasil)
Daniel Gonzalez, pesquisador acadêmico e curador de arte e tecnologia, apresenta sua faceta com dj experimental e produtor musical. Fundador do notório núcleo de festas multimídias e ciber-ativistas TEMP, o DJ Hidráulico já esteve presente em importantes festivais internacionais como: Experimenta Club (Madri), Zemos 98 em (Sevilla), Warped (Gent), Dezcalabro (Lisboa) e Oscilaciones (Córdoba). Na segunda edição dos Dias Nórdicos, DJ Hidráulico que em abril esteve na Dinamarca, a convite do SPOT Festival (mais importante encontro da música nórdica contemporânea) apresenta na abertura e nos intermezzos, breves intervenções em formato DJ set, dedicadas aos 6 anos da Plataforma Internacional e Festival Dias Nórdicos e ao panorama sonoro atual da região nórdica.

 

Lydmor (Dinamarca)
Com apenas 21 anos, a jovem dinamarquesa Jenny Rossander tomou de assalto as pistas dos países nórdicos com uma proposta musical pop, lírica e experimental. O álbum de estreia A Pile Of Empty Tape rendeu shows  que impressionaram por suas performances ao mesmo tempo ternas e famigeradas. Habitué da cena underground de Copenhague, Lydmor incorporou elementos da eletrônica experimental de pista às suas canções líricas e melódicas, compostas ao piano. Os hits “Electric Mistress” e “Lamppost Light” atestam o talento e a capacidade da jovem em equacionar música pop com forte teor emocional e batidas precisas do electro.

Hisser (Finlândia)
Hisser é o novo suspiro musical de Miikka Koivisto, produtor e cantor de Helsinki, notório por sua trajetória como vocalista do Disco Ensemble (banda que imprimiu seus riffs e sintetizadores eletrônicos no cenário europeu no começo da década de 2000). Mas isso é passado. Agora, Miikka Koivisto mergulhou de cabeça no alter ego Hisser para destilar uma combinação original de electro e synthpop vanguardista com estruturas melódicas e batidas complexas. Fruto do seu primeiro álbum, Howe Gelb, o hit alternativo “Park Fiction” atesta a inclinação pelos vocais dramáticos do soul, balanceados ao vigor e a pulsação do synthpop.

Alice Boman + Hey Elbow (Suécia)
Este será um inusitado e potente encontro musical escandinavo. A cantora contemporânea de jazz e neo-soul Alice Boman se apresentará junto ao trio jazz-electronic-pop-experimental Hey Elbow. Neste encontro sonoro, a voz soturna e aconchegante da cantora se acomodará em meio a instigante junção de ruído, melodia e arranjos de pretensão sinfônica do trio Hey Elbow. Destaque da nova cena escandinava, as canções estranhamente pop deste trio  – formado em 2013 – não definem nenhuma hierarquia entre os vocais com efeitos, as guitarras distorcidas, suas densas camadas eletrônicas e uma característica bateria rouca, que ressoa como tambores africanos amplificados.

Moddi (Noruega)
Moddi é o codinome de Pål Moddi Knutsen, artista proveniente de uma vila de pescadores na ilha Senja, na Noruega. Segundo consta a lenda (contada pelo próprio), ele, disléxico aos 9 anos, aprendeu sozinho a tocar um acordeão herdado de sua mãe. No trabalho, Moddi soma apenas um bandolim russo e uma guitarra acústica para ocupar um lugar de destaque na vigorosa cena new folk e post-rock norueguesa. O álbum de estreia Floriography (2010) recebeu duas nomeações para o Spellemannsprisen (o Grammy norueguês). Em 2013, vieram dois álbuns na sequência: House on Fire e Kaem va du, que homenageia sua ilha (e ganhou o prêmio Spellemann de melhor álbum pop do ano).

Festival Dias Nórdicos @ Sesc Pompeia

Data: Dia 12 de novembro. Quinta, às 20h30
Local: Choperia do Sesc Pompeia
Ingressos: R$ 12,00 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$ 20,00 (credenciado*/usuário inscrito no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$ 40,00 (inteira)

Venda online a partir de 3 de novembro, terça-feira, às 17h30.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 4 de novembro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.
SESC Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Os comentários estão encerrados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com