Ricardo Herz Trio convida Toninho Ferragutti dia 08 de julho, no Teatro Paulo Autran no Sesc Pinheiros

Captura de tela 2016-07-06 14.40.02
Com energias redobradas e laços musicais ainda mais estreitados, o trio liderado por Ricardo Herz no violino, Michi Ruzitschka no violão de 7 cordas e Pedro Ito na percussão e bateria, recebe o acordeonista Toninho Ferragutti (participação especial), um dos maiores nomes do instrumento no Brasil, para uma apresentação inédita no Sesc São Paulo.
O Ricardo Herz Trio realizou, no ano passado, duas importantes turnês pela França, com 18 shows e percorreu o Brasil com mais 10 apresentações. Juntos, já representaram a música instrumental brasileira em importantes clubes e festivais de jazz, em países como a Suécia, Malásia, Grécia, Rússia, Holanda, México e Dinamarca.
Ferragutti, reconhecido arranjador e compositor de um elogiado trabalho autoral,  acompanhou turnês e gravações de artistas como Maria Schneider (EUA), Celine Rudolf (Alemanha), Maria Bethânia, Mônica Salmaso, Gilberto Gil, Lenine e outros!
A apresentação no SESC Pinheiros, mostra uma união feliz da tradição com a modernidade. Como músicos e compositores, Herz e Ferragutti tem algo em comum: valorizam a herança que vem do choro, do forró, do chamamé etc. Estes ritmos são revisitados e usados como paletas para novas criações, a virtuosidade e a experimentação estarão a serviço da beleza musical deste encontro.
O repertório escolhido traz algumas das músicas mais marcantes dos trabalhos anteriores do Trio, como: “Chamaoque?”, “Sete Anões” e “Saci”, além de inéditas que integrarão o novo CD “Torcendo a Terra”, entre as quais: “Brisa” e “Ladeira da Pilha”, todas de autoria de Ricardo Herz. De autoria do convidado, o programa inclui “O Sorriso da Manu”, “Nova” e “Nem sol, nem Lua”.
Acesse e conheça:

 

Música “Sete Anões” / Ricardo Herz Trio

https://ricardoherz.com.br/ – Site oficial com fotos, infos, streaming, etc.
http://www.toninhoferragutti.com.br/ – Site oficial com fotos, infos, streaming, etc.
Influências e trajetória artística
Herz reinventou o violino. Sua técnica leva ao instrumento o resfolego da sanfona, o ronco da rabeca e as belas melodias do choro tradicional e moderno. Com a influência de Dominguinhos, Luiz Gonzaga, Egberto Gismonti, Jacob do Bandolim entre outros, o violinista mistura ritmos brasileiros, africanos e o sentido de improvisação do jazz mostrando a influência dos 9 anos em que viveu na França. Dali levou sua música para os 4 cantos do mundo: tocou em Festivais na Malásia, no México, na Holanda, em clubes de Jazz na Rússia, em Israel, na Dinamarca e gravou com músicos de diversos países.
Graduado em violino erudito pela USP, sua sólida formação também vem da renomada Berklee College of Music, nos Estados Unidos, e da Centre des Musiques Didier Lockwood, escola do violinista francês Didier Lockwood, uma lenda do violino jazz. Com Lockwood, tocou nas principais capitais brasileiras durante as celebrações do Ano da França no Brasil.
Os integrantes do Trio começaram seu relacionamento musical em 2001, alunos então da Berklee College of Music em Boston.  Em 2010 todos voltam ao Brasil com diferentes experiências e começam a trabalhar “Aqui é o meu Lá – Ricardo Herz Trio”, CD lançado em 2012 e que levou o trio a festivais no Brasil e no exterior tais como Skopje Jazz Festival, na Macedonia, Miri Jazz Festival, na Malásia, Festival Jazz e Blues em Guaramiranga – CE, Festival Villa Lobos – RJ, Festival Jazz e Blues de Manguinhos – ES a diversas salas e centros culturais no Brasil e exterior. O Ricardo Herz Trio foi também o único grupo a representar o Brasil na seleção oficial do Womex – The World Music Expo 2012, em Tessalônica, Grécia, a mais importante feira de “música do mundo”. Igualmente, foi o único grupo brasileiro na Jazz Ahead 2013, em Bremen, Alemanha, uma das maiores feiras do mundo na area do jazz.
Desde o retorno ao Brasil, Herz também participou de muitos projetos e colaborou com músicos de todo o país. Em 2011, se apresentou como solista ao lado de Dominguinhos, abrindo a temporada anual da Orquestra Jazz Sinfônica no Auditório Ibirapuera. Formou um duo com o vibrafonista, multi-instrumentista e compositor mineiro Antonio Loureiro (com quem lançou um CD) e foi selecionado no Rumos Música 2010-2012, do Itaú Cultural, onde nasceu mais um duo, desta vez com o gaúcho Samuca do Acordeon. Com a camerata Cantilena Ensemble tem tocado o repertório do seu disco infantil. Ricardo também tem dedicado parte de seu tempo no ensino e difusão do violino popular.
Sobre o convidado especial, Toninho Ferragutti é músico, compositor e arranjador e possui uma extensa participação em shows e CDs de artistas no Brasil e no exterior, como Gilberto Gil, Maria Bethânia, Dori Caymmi, Elba Ramalho, Maria Schneider (EUA), Mário Laginha e Maria João (Portugal), Mônica Salmaso, Chico César, Lenine, entre outros. Possui 10 cds autorais, teve duas indicações ao Grammy Latino (2000 e 2014), foi também indicado ao Prêmio Tim (2007), Prêmios Governador do Estado de São Paulo(2011) e Prêmio da Música Brasileira (2015).
Serviço:
RICARDO HERZ TRIO convida TONINHO FERRAGUTTI
Ricardo Herz – violino
Michi Ruzitschka – violão 7 cordas
Pedro Ito – bateria e percussão
Participação especial – Toninho Ferragutti – acordeon
Daniel Tápia – Som
João Nunez – Luz
Caio Maciel (Roadie)
Dia 08 de julho, sexta-feira, às 21h
Sesc Pinheiros – Teatro Paulo Autran

Rua Paes Leme, 195, CEP: 05424-150
Tel: (11) 3095.9400
Estação Faria Lima

INGRESSOSESC:
R$ 40,00 (inteira);
R$ 20,00 (Aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante).
R$ 12,00 (Trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes – Credencial Plena).

 

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com