No Dia Internacional da Mulher, Bratislava celebra a luta feminina com nova música

Por Wesley Souza

Em março, no dia oito, é comemorado o Dia Internacional da Mulher. E elas, em 2016, pleno século XXI, ainda lutam contra vários preconceitos diários e por seus direitos. Uma das principais lutas é justamente pelo direito sobre o próprio corpo, de poder fazer o que bem entender e quiser com ele.

É esse debate polêmico que permeia a canção “Revida”, da banda paulistana Bratislava. A letra conta a experiência de uma mãe que tenta amamentar em uma viagem de trem na cidade, e retrata a opressão dos que a cercam. A canção também tem um vídeo que mostra os bastidores do processo criativo em estúdio e conta com participação da cantora Luiza Lian.

bratislava_banda

Foram menos de duas semanas entre composição da letra e da estrutura harmônica e a finalização da faixa. “Criamos gravando e editando ao mesmo tempo. Fechamos a porta do estúdio no sábado e só abrimos no domingo à noite. A mixagem foi feita de domingo pra segunda, enquanto os vídeos da gravação iam sendo editados”, explica o vocalista Victor Meira.

A canção “Revida” é o primeiro lançamento da Bratislava desde o álbum “Um pouco mais de silêncio” , de 2015, disponibilizado digitalmente e no formato de zine interativo após um bem-sucedido financiamento coletivo com o apoio dos fãs. A banda, formada em 2010, soma três discos e foi escolhida pelo jornal O Estado de S. Paulo como uma das promessas de 2016.

bratislava

 

Conheça mais da banda no site oficial e no Facebook. Confira também o vídeo de “Revida”

 

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com