Napster termina 2015 com 45% de crescimento no número de assinantes globais

São Paulo, dezembro de 2015 – Em um dos mais movimentados anos na música por streaming em quase 15 de história, o Napster comemora um dos anos de maior sucesso da empresa. O Napster, da empresa americana Rhapsody, cresceu sua base de assinantes em 45% em menos de 12 meses e agora tem cerca de 3,5 milhões de assinantes globais em 34 países.

Em apenas dois anos, o Brasil se tornou o 3º maior mercado do Napster global e o 1º na América Latina – no início do ano, o país era o 4º mercado. Hoje, o Brasil tem mais de 50% do número de usuários do 2º mercado mais importante.

Em 2015, o crescimento do Napster foi impulsionado por grandes aprimoramentos do produto que se concentraram em transformar o Napster na forma mais personalizada de se apreciar a música que você ama. No Brasil, isso é fruto de uma série de ações regionais. Napster fechou acordos com uma variedade de empresas de telecomunicações, entretenimento e marcas de eletrônicos que introduziram o Napster para um conjunto ainda maior de amantes da música.

Entre elas, a parceria com o time de futebol Corinthians, que resultou no lançamento do aplicativo Corinthians by Napster, em setembro, com crescimento de 30% ao mês na sua base de usuários. A parceria repercutiu em países como Argentina, Colômbia e também Europa e a partir disso o Napster já está em conversas com alguns clubes da série A do campeonato brasileiro e também clubes dos países citados.

Novas features foram lançadas, como Napster Kids, a primeira experiência de streaming dedicada às crianças e o Napster Car, que permite que o usuário escute música ao mesmo tempo que dirige com segurança. Globalmente, também tivemos parcerias que fortaleceram a marca: na Holanda, o Napster foi o serviço de música da sexta temporada do programa “The Voice”, fechou parceria com a cadeia global de supermercados, Aldi , adicionou suporte para o novo Chromecast Áudio e Chromecast TV e uma parceria com a agência de notícias alemã, BILD.de, para integrar diretamente o Napster com a experiência web para os leitores.

“O Napster quer ser o serviço que alimenta de música cada momento do dia dos nossos usuários – seja no carro, ou ouvindo música com os seus filhos ou quando se está sem acesso a Wi-Fi ou à um plano de dados”, explica Roger Machado, Diretor Senior de Desenvolvimento de Negócios e Marketing pra America Latina.

Prova de que o mercado teve um excelente ano é que se escutou 30% a mais de horas de música em 2015. No Brasil, o total de número de streaming cresceu 200% neste ano e quando falamos de América Latina esse número sobe para 300%. O número de horas de música executadas por usuários no Brasil cresceu 179% neste ano, comparado a 2014. Na América Latina esse número sobe para 268%. De acordo com a App Annie, o Napster tem o maior tempo gasto em app entre quaisquer serviços de streaming, demonstrando a aderência desses novos recursos.

Ao longo dos próximos meses, o Napster continuará a introduzir novos recursos e experiências dentro do aplicativo que tornam a experiência de ouvir música mais pessoal e vai dar um aceno às origens do streaming de música, fazendo a descoberta de novas músicas inerentemente mais social.

Em 2016, o escritório do Napster em São Paulo vai expandir em espaço (de 150m² para quase 500m²) e em número de funcionários no Brasil, Argentina, Colômbia e Panamá. Também será lançado no Peru, último país da América Latina onde a empresa Telefônica atuava sem o Napster. Tudo isso, para aprimorar ainda mais o serviço, que realizará diversas ações presenciais em locais abertos e fechados e terá um calendário fixo da ação Napster em Casa (shows transmitidos via streaming pelo site netsnow.me).

“Novas parcerias com outros setores estão em andamento e devem ser concretizadas no próximo ano. Essa é só uma amostra do que o mercado vem demandando e a marca está devolvendo”, explica Roger Machado.

“No ano que vem, a Rhapsody vai celebrar o seu 15º aniversário e nós nunca estivemos mais animados ou otimistas sobre uma categoria que ajudamos a definir no início de 2001”, diz Ethan Rudin, diretor financeiro da Rhapsody International Inc. “Apesar do aumento da concorrência, continuamos a acreditar no valor da música e ver o nosso papel como vital na criação de experiências com a música que os usuários de todo o mundo vão pagar para ouvir”, completa.

Facebook: https://www.facebook.com/Napster.bra
Twitter: www.twitter.com/napsterbrasil
Instagram: www.instragram.com/napsterbrasil
Snapchat: www.snapchat.com/napsterbrasil

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com