Sarah Abdala faz show de lançamento do álbum “Oeste” no Teatro Sérgio Porto
16 de junho de 2017
Alvares apresenta releitura soturna para canção de Cícero
16 de junho de 2017
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Só se perde quem está a procura de um lugar e é a busca por um porto seguro a inspiração da canção “Cavalgada”, de Sarah Abdala, que acaba de ganhar um clipe. O primeiro single do novo álbum “Oeste” traz os principais elementos que regem o novo rumo do trabalho da cantora: a utilização do sintetizador e a simplificação dos arranjos. O disco lançado pelo selo Rock It!, comandado por Dado Villa-Lobos (Legião Urbana), traz a produção da própria Sarah Abdala ao lado de Eduardo Manso (Ava Rocha).

A música é embebida em uma mensagem forte, de pertencimento e de jornada. Muito mais do que chegar a algum lugar, também é importante considerar quais foram os caminhos que o levaram até lá. Tal como a maré que não segue nenhuma lei – a não ser a da natureza -, também deve ser o indivíduo em busca de seu lugar.

“É uma música que representa bem o disco. A mensagem desse clipe é de alguém que está em uma jornada, chegando em um lugar desconhecido. Essa jornada pode ser notada como geográfica ou psicológica”, define Sarah Abdala.

Gravado com bonitas imagens subaquáticas em um mar ora pacífico, ora inquieto, o vídeo foi dirigido pela artista e conta com fotografia de Guga Millet. A busca mostrada na faixa e no vídeo funciona como uma metáfora para a própria jornada de Sarah. O trajeto que a trouxe até aqui foi iniciado com o disco “Futuro Imaginário”, de 2014. A estreia trouxe arranjos elaborados que formavam uma sonoridade com traços da MPB e do rock alternativo. O trabalho rendeu uma turnê nacional e uma base firme para a criação de “Oeste”, que traz uma compositora amadurecida e à vontade para explorar sensações, sentimentos e ousar como letrista e instrumentista. A ambientação sonora é de intimidade, explorando os sons, as pausas e os ruídos.

Enquanto “Futuro Imaginário” trazia a leveza do ponto de partida, “Oeste” traz a densidade de quem aprendeu novas lições. O minimalismo dos título acompanha o disco até a masterização final, como se exibisse com orgulho as feridas acumuladas com o tempo. “Oeste” é pertencimento, lugar e origem, com letras que se tornam universais.

Assista “Cavalgada”:

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Os comentários estão encerrados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com