Morte & Vida é o primeiro álbum de Paula Cavalciuk

Morte & Vida é o novo trabalho da artista sorocabana Paula Cavalciuk. A obra é seu primeiro disco cheio e vem na sequência do EP Mapeia, lançado em 2015. Gravado no estúdio Minduca e mixado no El Rocha, ambos em São Paulo, Morte & Vida recebeu os cuidados de Gustavo Ruiz e Bruno Buarque na produção musical, responsáveis por lapidar as canções de um pop fresco e planetário.

Capa de Morte & Vida (foto: Camila Fontenele | Arte: Daniel Bruson)

Capa de Morte & Vida (foto: Camila Fontenele | Arte: Daniel Bruson)

Com Paula à frente das composições, letras e interpretação, o novo trabalho tem onze faixas ricas e atuais, inspiradas pelas idiossincrasias do cotidiano: uma pessoa que vai embora, a escassez do tempo, a superficialidade das relações virtuais, amores platônicos.

Morte & Vida mostra um vasto leque de gêneros, dos latinos tango (em “O Poderoso Café”) e guarânia paraguaia (em “Morte e Vida Uterina”, primeiro single lançado) à música africana e muito da brasileira de raiz. Essencialmente psicodélico, o álbum é um ato de experimentos, gravitando ora por um samba vagaroso e triste (“Sumiço”, com participação de Kiko Dinucci no violão) ora por um rock sessentista (“Jezebel”).

Uma passagem por pontos distintos, o disco busca sonoridade no carimbó (em “Pará”) e também nos ritmos jamaicanos (na balada “Don’t Wanna Let You Down”) – coisa de quem sabe que música e criatividade não combinam com fronteiras. Um pop radiofônico, como “Ruína”, ou um groove funkeado, como “Colecionador de Opiniões” (que tem participação da rapper Fernanda Teka), são alguns dos climas propostos por Morte & Vida, que chega até “Inefable”, de inspiração mexicana e dialeto inventado.

Guardando surpresa nos detalhes, o disco é moldado por arranjos originais feitos com sucata, synths, mellotron e instrumentações diversas. Os trabalhos vocais harmoniosos garantem à Paula versatilidade igual a outras grandes vozes da música popular.

IMG_5523.jpg

Foto: Camila Fontenele | Arte: Daniel Bruson

Com estreia marcada nos palcos para 23 de julho, Morte & Vida anuncia a chegada de uma artista pronta para correr trecho sem perder o fôlego.

Ouça e baixe gratuitamente no site oficial: www.paulacavalciuk.com.br

Shows de lançamento:
23/julho: Votorantim (SP) @ Teatro Municipal | gratuito | 20h
30/julho: Piedade (SP) @ Auditório Cariocão | gratuito | 20h
4/ago: São Carlos (SP) @ Teatro Municipal | gratuito | 20h

Ficha técnica:
Produzido por Gustavo Ruiz e Bruno Buarque.
Gravado em março de 2016 no estúdio Minduca (SP) por Bruno Buarque, Lenis Rino, Ítalo Ribeiro e Fernando Narcizo.
Mixado por Bruno Buarque no estúdio Minduca.
Masterizado por Fernando Sanches no estúdio El Rocha (SP).

Tracklist:

1. Morte e Vida Uterina (Paula Cavalciuk) – Paula Cavalciuk – vozes e gaita | Vinícius Lima – guitarras e viola | Gustavo Machado – baixo | Ítalo Ribeiro – bateria | Tiago Giovani – órgão | Gustavo Ruiz – lap steel | Bruno Buarque – estalo de dedos e mpc | Alex Tea – estalo de dedos

2. Pará (Cavalciuk e Ribeiro) – Paula Cavalciuk – voz e coros | Vinícius Lima – guitarra (temas) e coros | Gustavo Machado – baixo | Ítalo Ribeiro – bateria | Bruno Buarque – percussões e mpc | Gustavo Ruiz – guitarra (harmonia)

3. Jezebel (Paula Cavalciuk) – Paula Cavalciuk – voz e coros | Vinícius Lima – guitarras e coros| Gustavo Machado – baixo | Ítalo Ribeiro – bateria | Tiago Giovani – órgão | Bruno Buarque – percussões

4. I Don’t Wanna Let You Down (part. Alex Tea) (Paula Cavalciuk) – Paula Cavalciuk – voz, gaita e coros | Vinícius Lima – guitarra, violão e coros | Gustavo Ruiz – baixo | Bruno Buarque – bateria, percussões | Ítalo Ribeiro – pandeirola (efeito) | Tiago Giovani – rhodes | João Leopoldo – mellotron | Alex Tea – voz, backings e guitarra

5. Ruína (Paula Cavalciuk) – Paula Cavalciuk – voz e coros | Vinícius Lima – guitarra, violão, backings e coros | Gustavo Machado – baixo | Ítalo Ribeiro – bateria | Bruno Buarque – pandeirola e ganzá | João Leopoldo – rhodes | Gustavo Ruiz – synths

6. Colecionador de Opiniões (part. Fernanda Teka) (Paula Cavalciuk) – Paula Cavalciuk – voz, coros e órgão | Fernanda Teka – vozes | Vinícius Lima – guitarras e coros | Gustavo Machado – baixo synth | Ítalo Ribeiro – bateria | João Leopoldo – órgão | Tiago Giovani – synths e clavinete | Bruno Buarque – mpc

7. I Just Can’t Wait (Paula Cavalciuk) – Paula Cavalciuk – vozes, coros, latinha e apito | Vinícius Lima – guitarras, coro e backings | Gustavo Machado – baixo | Ítalo Ribeiro – bateria e alfaias | João Leopoldo – órgão | Tiago Giovani – clavinete e rhodes | Bruno Buarque – pandeirola

8. O Poderoso Café (Paula Cavalciuk) – Paula Cavalciuk – voz e coro | Vinícius Lima – guitarras, backings, coro e violões | Gustavo Machado – baixo | Ítalo Ribeiro – bateria | Tiago Giovani – rhodes | João Leopoldo – mellotron

9. Inefable (Paula Cavalciuk) – Paula Cavalciuk – voz e backings | Vinícius Lima – guitarras e backings | Gustavo Ruiz – baixo e clavinete | Ítalo Ribeiro – bateria | Barba Marques – percussões | Bruno Buarque – bongô

10. Gangorra (Paula Cavalciuk) – Paula Cavalciuk – Voz, coro e órgãos | Vinícius Lima – guitarras e coro | Gustavo Machado – baixo | Ítalo Ribeiro – bateria | Bruno Buarque – pandeirola | Gustavo Ruiz – synth

11. Sumiço (part. Kiko Dinucci) (Paula Cavalciuk) – Paula Cavalciuk – voz e latinha | Kiko Dinucci – violão | Gustavo Ruiz – guitarra

Contato: contato@paulacavalciuk.com.br

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com