Limonge em “Nem todos são como Astronautas”


Novo álbum convida ouvinte a refletir sobre seus problemas e superá-los
 

O cantor Limonge, que vem ganhando destaque no meio musical independente, dedicou-se nos últimos meses a produção do seu novo álbum, lançado nessa sexta-feira dia 27/10, apresentando uma nova cara para sua obra.

Para esse trabalho Limonge resolveu sair do seu quarto, onde produziu seu primeiro álbum completamente sozinho, e convidou seus fãs para auxiliarem na concepção através de uma campanha de financiamento coletivo, concluída com grande sucesso. O álbum, seu primeiro em estúdio, foi gravado entre os meses de julho e agosto de 2017. A produção é assinada por Rodrigo Cunha e Juan Lacerda, além de Limonge. O projeto conta ainda com Biel Silva nas baterias e participações de Rafael Costa (Bola e Zimbra), Tai Coutinho, Camis e Felipe D’Orazio.

“Nem todos são como Astronautas” mostra muito da luta diária que todos passam, de se perceber no mundo, de entender os momentos de frustração, de tentar de alguma forma absorver o que está acontecendo e lutar para seguir em frente carregando o melhor de tudo que vivenciou. “O dia a dia não é fácil, muitas vezes pensamos em desistir, mas assim como eu, você também não está sozinho e vai conseguir, é essa a mensagem que quero passar”, comenta Limonge.

O álbum está disponível nas principais plataformas de streaming e também em seu canal do youtube.

Youtube: https://goo.gl/cs8JEr

Spotify: http://sptfy.com/1RGn

Limonge

Paulista, Cantor, compositor e multi-instrum entista. Assina a produção total dos EPs Tão Normal e O Tempo. Em setembro de 2016 lançou o primeiro disco da carreira, batizado de “Éramos nós, sempre seremos”. O álbum é uma junção dos dois EPs com algumas faixas inéditas, O trabalho despertou o interesse de alguns programas de rádios e tv. Em dezembro, por exemplo, Limonge foi selecionado para participar do concurso Energia Me Ouve, realizado por uma grande rádio da capital paulista. Após passar pelas fases eliminatórias, o músico chegou na grande final ao lado de outros grandes nomes da música da nova geração: Lane (ES), Tay Galega (SC) e Whisky e Piranha (SP). Limonge ficou em terceiro lugar, numa disputa acirrada de mais de mil bandas inscritas.

As influências são Pearl Jam, Foo Fighters, Dave Matthews, Zimbra, Vanguart, Tópaz, O Terno, Capela, Lulu Santos, Cazuza, Legião Urbana, Snow Patrol, Oasis, e por ai vai.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com