Itaú Cultural recebe show de pré-lançamento do disco André Mehmari & Antonio Loureiro

O duo de instrumentistas apresenta dez músicas do álbum misturadas a improvisos; são criações inéditas, feitas pensando nesse trabalho; Mehmari assume o piano, piano elétrico, teclado, acordeon, flauta, flauta baixo, charango, bandolim guitarra e voz e Loureiro fica à frente do vibrafone, bateria e também voz.

ConexoesMusicaismehmariLoureiroduoArquivoPessoal02

O pianista, compositor, arranjador e produtor André Mehmari e o multi-instrumentista Antonio Loureiro sobem ao palco da Sala Itaú Cultural para show de pré-lançamento do disco do duo. O CD é composto por composições próprias, na maioria inéditas, especialmente escritas para o projeto, como Ciranda da Serra, A Brisa e Baião de Miguilim.

A apresentação inicia às 20h e reflete fortemente o álbum. O repertório se contrapõe aos improvisos espontâneos. Apesar de serem uma dupla, o público se depara com um amplo e variado colorido sonoro composto por vibrafone, piano, flauta, voz, bateria e sintetizadores, que ajudam na intensidade do som, como uma pequena orquestra a serviço da composição e da imaginação musical de Mehmari e Loureiro.

Em 70 minutos de show, os dois apresentam ao público o André Mehmari & Antonio Loureiro, com criações próprias. São elas: Laginha, A Brisa, Ciranda da Serra, Baião de Miguilim, Um mapa de três pontas, Ná!, Lamento, Valsa Nostálgica, Ninguém compreende, Festa Junina. Mehmari assume o piano, piano elétrico, teclado, acordeon, flauta, flauta baixo, charango, bandolim guitarra e voz. Loureiro fica à frente do vibrafone, bateria e voz.

André Mehmari tem sólida formação de música popular brasileira e também uma importante carreira como compositor erudito. Fez parcerias com Milton Nascimento, Ivan Lins, Flávio Venturini, Mônica Salmaso, Alaíde Costa e Hamilton de Holanda e está entre os compositores que mais recebe encomendas no país. Começou a estudar piano aos cinco anos de idade e ganhou grande impulso na carreira ao vencer o Prêmio Visa de MPB Instrumental em 1998 e vários concursos de composição erudita logo depois. Foi contemplado pelo programa de fomento e apoio à arte e cultura brasileiras Rumos Itaú Cultural 1997-1998.

Desde então, o músico tem se apresentado em festivais como o Chivas Jazz, Heineken Concerts, TIM Festival, Spoleto Festival USA, Umbria Jazz e Savassi Festival. É dono de uma vasta e premiada discografia e escreve frequentemente para orquestras sinfônicas, como OSESP, Petrobras Sinfônica, Sinfônica Heliópolis, Sinfônica da Bahia, conjuntos de câmara, filmes e balés. Já se apresentou na Argentina, Suíça, Itália, Holanda e em Nova Iorque, cidade onde também ministrou workshop sobre sua própria obra na Columbia University.

Antonio Loureiro faz parte da nova geração de músicos mineiros. Seu trabalho caminha livremente entre a música brasileira, erudita, jazz contemporâneo, música popular de câmara, rock, tradições e muitas vezes a ruptura delas. Os concertos solo de peças do violão brasileiro, a música eletrônica e eletroacústica para cinema e projetos de improvisação livre também fazem parte do universo musical do artista. Todas essas influências são marcantes em sua atuação como compositor, produtor, multi-instrumentista e arranjador. Foi selecionado pelo Rumos Itaú Cultural 2010-2012.

Consolidou a sua carreira destacando o vibrafone, piano e a bateria, seu primeiro instrumento. Nos trabalhos, a experiência com o processamento eletrônico, a improvisação e a cultura popular levam a uma nova linguagem na música popular, que não é influenciada somente pelo jazz ou pela bossa nova. A parceria entre os dois músicos é antiga. Loureiro já contou com a participação de Mehmari em 2010, no seu primeiro CD autoral. Marcelo Pretto e Fabiana Cozza também gravaram no disco.

Loureiro já esteve em turnê por países como Finlândia, Dinamarca, Holanda, Portugal, França, Espanha, EUA, Japão, Argentina e Uruguai. Durante este período trabalhou ao lado de nomes como Toninho Horta, Gilberto Gil, Nelson Angelo, Paula Santoro, Monica Salmaso, Benjamim Taubkin, Robertinho Silva, Duofel, André Mehmari, Siba, Chico Cesar, Alice Caymmi, Arismar do Espirito Santo, Criolo, Mike Moreno, Daniel Santiago, Carlos Malta, e integra, há cinco anos, o grupo de SIBA.

SERVIÇO:

André Mehmari & Antonio Loureiro

Dia 1 de setembro
Às 20h
Duração: 70 minutos
Classificação indicativa: livre
Sala Itaú Cultural
247 lugares
Entrada gratuita
Distribuição de ingressos:
Público preferencial: 2 horas antes do espetáculo
Público não preferencial: 1 hora antes do espetáculo
Estacionamento: Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho, 108
R$ 10 pelo período de 12 horas
Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural: 3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 10.
Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.
Acesso para deficientes físicos
Ar condicionado

Itaú Cultural
Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô
Fones: 11. 2168-1776/1777
atendimento@itaucultural.org.br
www.itaucultural.org.br
www.twitter.com/itaucultural
www.facebook.com/itaucultural
www.youtube.com/itaucultural
www.flickr.com/itaucultural

Assessoria de imprensa: Conteúdo Comunicação
Fone: 11.5056-9800
Carina Bordalo: carina.bordalo@conteudonet.com
Cristina R. Durán: cristina.duran@conteudonet.com
Karina Betencourt: karina.betencourt@conteudonet.com
Karinna Cerullo: cacau.cerullo@conteudonet.com
Roberta Montanari: roberta.montanari@conteudonet.com

No Itaú Cultural – Fone: 11.2168-1950
Larissa Correa: larissa.correa@mailer.com.br
www.conteudocomunicacao.com.br
www.twitter.com/agenciaconteudo
www.facebook.com/agenciaconteudo

 

 

 

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com