História da Bateria – Parte I

drumsUm kit de bateria como conhecemos hoje é uma invenção tão americana quanto a Disneylândia, o Mac Donald’s ou o iPhone. Ao longo de sua história sofreu grandes evoluções e desenvolvimentos. De sua infância, no começo do século XX, até às inovações dos dias atuais, o kit de bateria se tornou o instrumento de maior visibilidade e o mais utilizado dentro da família dos instrumentos de percussão.

 

 

Fins do século XIX

Bandas de sopros, ou o que chamamos no Brasil de fanfarras, eram os grupos instrumentais mais comuns nos Estados Unidos no final do século XIX. Em praticamente cada cidade americana existia o que chamaríamos de coreto, no qual as apresentações aconteciam. A razão para a existência dessas bandas pode ser atribuída em parte à guerra Civil Americana. Cada unidade militar tinha seu pelotão musical formado de acordo com a localidade. Eventualmente alguns grupos continuaram depois da guerra, enquanto outros debandaram. Cada banda de sopro tinha dois ou mais percussionistas que tocavam a caixa, o bumbo e, às vezes, pratos. Além das performances em paradas nas ruas, essas bandas começaram a tocar em lugares fechados, entretendo o público em eventos sociais. Quando esses grupos foram para os recintos fechados, a formação habitual foi diminuída por razões práticas. Por conta disso a necessidade de dois ou mais percussionistas também diminuiu, e invenções começaram a aparecer.

O conceito de um percussionista tocando dois ou mais ritmos se tornou possível graças à invenção do suporte de caixa e do pedal de pedalwebbumbo. Antes da invenção do suporte de caixa, esta era pendurada por uma correia no ombro do percussionista ou apoiada numa cadeira. William F. Ludwig, percussionista e fundador da Ludwig Drum Company desenvolveu e divulgou o primeiro pedal de bumbo em 1909.

A partir do momento em que essas invenções estavam disponíveis, um único percussionista podia fazer o trabalho de dois ou três músicos. Desse modo, o kit de bateria, o trap set ou trap drum (como era conhecido no começo do século XX) havia nascido!

 

Trap drum ou trap set

O nome trap, ironicamente, é uma contração da palavra inglesa CON-TRAP-TION, e incluia uma ampla variedade de instrumentos de percussão, como o bumbo e a caixa (vindos da Europa), os tom-toms (oriundos da China), os pratos (da Turquia) e assessórios locais como apitos, chacoalhos (como o nosso caxixi), gongos, triângulo, woodblocks, templeblocks, cowbells e uma estante para pratos. Por volta de 1920 essa configuração era o padrão.

 

knappsetTrap Drum: observe o low boy e os idiofones de efeito

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com