TVZ adia a estreia do clipe “Blecaute”, novo trabalho da banda Jota Quest
16 de novembro de 2015
Abertura da SIM SÃO PAULO 2015 acontece no Auditório Ibirapuera, dia 02/12, com shows gratuitos de Aufgang (França) e Yusa (Cuba)
16 de novembro de 2015

Formado por Ligiana Costa e Edson Secco, NU lança o primeiro disco da parceria

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Despir-se diante do desconhecido e também das questões terrenas que afligem o ser humano, da política às causas humanitárias e ecológicas. É assim que o NU (Naked Universe) cria as suas trilhas cósmicas. Formado em 2014, o duo composto pela cantora e compositora Ligiana Costa e pelo compositor e produtor musical Edson Secco lança o primeiro disco da parceria: NU.

O álbum traz características bem marcantes do encontro dos integrantes, que se conheceram na peça de teatro Rózà (juntos, eles faziam a trilha – ao vivo – do espetáculo). Por vir do teatro e cinema, Edson Secco, que assina a produção, colabora com os sons, ruídos e emoções sonoras/visuais propostos pelo trabalho, além de ter incluído o seu gosto pessoal pela eletrônica. Ligiana Costa, por sua vez, contribui com a experiência do canto barroco e da vivência na música popular, que lhe possibilitou flertar com o samba, o jazz, a MPB, o experimental, entre outros. Das dez faixas que compoõem o trabalho, Ligiana assina oito (algumas com Edson e outros parceiros).

“Quem” foi a primeira faixa divulgada pelo duo barroco eletrônico em formato de clipe. No registro, é proposto a busca da liberdade de uma mulher por meio do movimento e da dança (assista aqui).

A viagem cósmica de Ligiana e Edson passa por diversos destinos reais e imaginários. A cidade japonesa Kanazawá, que escapou da bomba atômica, por exemplo, dá nome à segunda faixa do CD – ela tem um sample reformado de uma peça sinfônica de Tchaikovsky como base instrumental. Eles seguem também para a música de pegada mais pop do trabalho: “Governador Valadares”. A letra trata de um cara que saiu da cidade mineira e migrou para os Estados Unidos. Em “Laniakea” (nome do superconglomerado de galáxias onde está a Via Láctea), NU observa a vastidão do universo e convida os “irmãos” das outras galáxias a se aproximarem.

“Praia Hotel” e “Rooftop” fazem contraponto. Enquanto na primeira  o mar invade e a onda se torna um tsunami, na segunda o universo que se apodera da música.

O álbum lista ainda uma versão de “Toxic”, superhit de Britney Spears, e “MusicaBomba”, que é uma faixa de guerrilha e discurso atual. Com letra do roteirista Fábio Camarneiro, a música tem a participação especial do MC Tef Poe (ativista da juventude negra de Fergunson, nos EUA), a voz de uma ativista palestina e o coro da Via Campesina chamando para globalizarmos a esperança.

Ligiana Costa e Edson Secco reforçam o convite feito em “Laniakea”. Aproximem-se terráqueos e conheçam o Naked Universe. Basta dar o play:

Ouça NU:
Spotify | Deezer | Rdio | iTunes | Google Play

NU é Ligiana Costa e Edson Secco

Gravado e Mixado no Sonideria Studio/SP por Edson Secco
Masterizado por Steve Corrao, no Sage Mastering Studio, Nashville, USA; Tef Poe (MusicaBomba) gravado por Alfredo Bello (Estúdio Móvel Mundo Melhor)
Participações: Felipe Julian (baixo adicional) em Praia Hotel, Fabio Sameshima (baixo) em Lilith, Tef Poe (voz) / Aghsan Barghouthi (voz) / Via Campesina em MusicaBomba

Arte: Diogo Hayashi
Foto: Pedro Hurpia
Design Gráfico: Juliana Kehl
Texto de apresentação: Celso Araújo
Produção: Edson Secco

NU nas redes
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter | Site

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Os comentários estão encerrados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com