Escola do Auditório homenageia Paulinho da Viola em concerto no Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer

Encerrando o ano letivo, as cinco formações da Escola – Coro da Escola do Auditório, Orquestra Brasileira do Auditório, Obinha, Orquestra Furiosa do Auditório e Grupo de Iniciação – interpretam músicas do sambista e de outros músicos brasileiros; o cantor e violonista Sérgio Santos faz participação especial, e a cantora Xênia, do grupo Aláfia, é a mestre de cerimônias

Nos dias 5 e 6 de dezembro, sábado e domingo, às 21h e 19h, a Escola do Auditório celebra o final do ano letivo de 2015 com um concerto especial, sob a regência de Nailor Proveta, Edson José Alves, Paula Valente, José Roberto Branco e Daniel Reginato, também membros do corpo docente. A Escola, gerida pelo Itaú Cultural desde 2011, funciona no próprio Auditório Ibirapuera e dedica-se à formação de jovens estudantes de música na linguagem popular. Neste ano, os alunos se debruçaram sobre a obra do cantor, compositor e violonista Paulinho da Viola, homenageado no concerto. Além dele, outros compositores brasileiros compõem o repertório, como Cartola, Nelson Cavaquinho e Ary Barroso.

No total, somam-se 149 alunos divididos em cinco grupos: Coro da Escola do Auditório, Orquestra Brasileira do Auditório – OBA, Obinha, Orquestra Furiosa do Auditório e Grupo de Iniciação. As formações se revezam no palco para apresentar o repertório, e em alguns casos estão concomitantes. O cantor e violonista Sérgio Santos empresta sua voz às músicas Amor à natureza e Foi um rio que passou em minha vida, de Paulinho da Viola, e Onde a dor não tem razão, parceria do sambista com Elton Medeiros, e o espetáculo tem como mestre de cerimônias a cantora do grupo Aláfia, Xênia França.

“O aluno da Escola do Auditório, uma das únicas do Brasil que trabalha com a possibilidade de unir popular e erudito (…), sai pronto para tocar, para fazer qualquer universidade (com professores da música clássica) e, ainda, com a enorme vantagem de já conhecer a música brasileira, o repertório, a linguagem” explica Nailor Proveta, diretor artístico e pedagógico da Escola.

Sobre a Escola do Auditório

Ao assumir a gestão do Auditório Ibirapuera, em 2011, em parceria com a Prefeitura de São Paulo, o Itaú Cultural deparou-se também com o desafio de gerir este centro de ensino da música criado em 2005. A Escola do Auditório, sob gestão do Itaú Cultural, oferece um curso de música brasileira, com duração de até cinco anos, a até 170 estudantes (a partir de 12 anos) da rede pública de ensino – e que residam no município de São Paulo.

O objetivo é proporcionar uma sólida formação na área da música popular, unindo teoria e prática. Os estudantes aprendem a tocar um instrumento, desenvolvem a percepção musical e conhecem a história da música brasileira, seus estilos, instrumentos e personagens. Dando coesão e direcionamento ao ensino, o repertório é focado em autores brasileiros, tanto nas aulas quanto nas apresentações realizadas pelos diversos grupos da escola – como a Orquestra Furiosa e a Orquestra Brasileira do Auditório (OBA).

As disciplinas ministradas no Curso Livre de Música da Escola do Auditório se dividem em dois grupos: aulas teóricas, nas quais os alunos aprendem e desenvolvem a leitura de partituras, harmonia e as habilidades de percepção rítmica e melódica; no laboratório são apresentados os diversos ritmos brasileiros, passando por suas histórias e personagens. E aulas práticas, ou aulas de instrumento realizadas individualmente. Os estudantes também participam de grupos e adquirem experiência em orquestras.

A direção artística pedagógica da Escola é do Nailor Proveta. E todos alunos da Escola do Auditório recebem uma bolsa-auxílio.

Sobre Sérgio Santos

Nascido em 1956, o cantor, violinista, arranjador e compositor brasileiro Sérgio Santos já lançou sete discos solo e participou de outros oito. É um grande parceiro do compositor e poeta Paulo César Pinheiro, com quem já compôs mais de 200 músicas que já foram gravadas por Leila Pinheiro, Alcione, Fátima Guedes, Lenine, Joyce, Dori Caymmi, Francis Hime, Olívia Hime e Milton Nascimento.

Já se apresentou nos Estados Unidos, Japão, Itália, França, Espanha e Argentina. Foi premiado com o Prêmio Rival – BR, Troféu Pró-Música – BH, ficou em segundo lugar no Prêmio Visa de Compositores e foi indicado ao Grammy Latino como melhor canção brasileira com Litoral e Interior, título de seu sexto álbum.

Repertório

OBA

  1. Amor Proibido (Cartola) / Alvorada (Cartola, Carlos Cachaça e Herminio Bello de Carvalho)

/ Notícia (Nelson Cavaquinho, Alcides Caminha e Nourival Bahia) / Sim (Cartola e Oswaldo Martins) / História de um Valente (Nelson Cavaquinho e José Ribeiro) – Arranjo e regência: Edson José Alves

Orquestra Furiosa do Auditório

  1. Linha de Passe (João Bosco, Aldir Blanc e Paulo Emílio) – Regência: Nailor Provet

Obinha

  1. Suíte Cantigas de Roda (domínio popular) – Arranjo: Nailor Proveta; Regência: Paula Valente
  2. Na Baixa do Sapateiro (Ary Barroso) – Arranjo: Nailor Proveta; Regência: Paula Valente

Coro da Escola do Auditório

  1. Sinal Fechado (Paulinho da Viola) – Regência: Daniel Reginato
  2. Toada (Paulinho da Viola)/ Vinhos Finos (Paulinho da Viola e Capinan)/ Bebadosamba (Paulinho da Viola) – Regência: Daniel Reginato

OBA e Coro da Escola do Auditório

  1. Argumento / Perdoa / Guardei minha viola (Paulinho da Viola) – Arranjo e regência: Nailor Proveta

OBA

  1. Coração Leviano (Paulinho da Viola) – Arranjo e regência: Edson José Alves
  2. Coisas do Mundo Minha Nega (Paulinho da Viola) – Arranjo e regência: Edson José Alves

Nailor Proveta, Edson Alves e Sérgio Santos

  1. Onde a dor não tem razão (Paulinho da Viola e Elton Medeiros)

 

OBA

  1. Amor à natureza (Paulinho da Viola) – Arranjo e regência: Nailor Proveta; Participação especial: Sérgio Santos

 

OBA e Orquestra Furiosa do Auditório

  1. Foi um Rio que passou em minha vida (Paulinho da Viola) – Arranjo e regência: José Roberto Branco; Participação especial: Sérgio Santos

Escola do Auditório

Com Coro da Escola do Auditório, OBA (Orquestra Brasileira do Auditório), Obinha, Orquestra Furiosa do Auditório e Grupo de Iniciação

Regência Daniel Reginato, Edson José Alves, José Roberto Branco, Nailor Proveta e Paula Valente

Participação Especial Sérgio Santos

Dia 5 de dezembro (sábado), às 21h e 6 de dezembro (domingo), às 19h

Duração: 90 minutos (aproximadamente)

Entrada Franca. Distribuição de ingressos na bilheteria 1h30 antes da apresentação

Classificação indicativa: Livre.

Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer

Capacidade: 300 lugares

Av. Pedro Alvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque do Ibirapuera

(Entrada para carros pelo Portão 3)

Fone: 11.3629-1075

info@auditorioibirapuera.com.br

http://www.auditorioibirapuera.com.br/

Ar-condicionado. Acesso a deficientes. Proibido fumar no local.
Estacionamentos / Transporte:
Estacionamento do Parque Ibirapuera, sistema Zona Azul – R$ 5,00 por duas
horas. Dias úteis das 10h às 20h, sábados, domingos e feriados das 8h às 18h
Ônibus:

Linha 5154 – Terminal Sto Amaro / Estação da Luz

Linha 5630 – Terminal Grajaú / Metrô Bras

Linha 675N – Metrô Ana Rosa / Terminal Sto. Amaro

Linha 677A – Metrô Ana Rosa / Jardim Ângela

Linha 775C/10 – Jardim Maria Sampaio / Metrô Santa Cruz

Linha 775A/10 – Jd. Adalgiza / Metrô Vila Mariana

O Auditório Ibirapuera não possui estacionamento ou sistema de valet. O estacionamento do Parque Ibirapuera é Zona Azul e tem vagas limitadas. Sugerimos que venha de táxi ou transporte público

 

Assessoria de Imprensa:

Conteúdo Comunicação

www.conteudocomunicacao.com.br

www.twitter.com/agenciaconteudo

www.facebook.com/agenciaconteudo

Fone: 11.5056-9800

Carina Bordalo: carina.bordalo@conteudonet.com

Cristina R. Durán: cristina.duran@conteudonet.com

Karina Betencourt: karina.betencourt@conteudonet.com

Roberta Montanari: roberta.montanari@conteudonet.com

No Auditório Ibirapuera

Giovanna Leopoldi / Fone: 11.3629-1017

imprensa@auditorioibirapuera.com.br

giovanna.leopoldi@conteudonet.com

Isadora Bertolini / Fone: 11.5056-9813

Isadora.bertolini@conteudonet.com

No Itaú Cultural:

Fone: 11.2168-1950

Larissa Corrêa: larissa.correa@mailer.com.br

 

 

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com