Érica Pinna

04

Érica Pinna é a mais nova promessa da música pop brasileira. Cantora e compositora, a essência da obra da artista tem as influências da antropofagia brasileira, o sentimento visceral feminino e a música pop.

Com EP lançando e video clipe com mais de 33.000 visualizações no youtube, a artista segue também em projeto paralelo, que consiste em uma mescla dos clássicos do Jazz, Blues e Soul. As releituras  vão de Stevie Wonder, Michael Jackson, Marvin Gaye à Etta James, Aretha Franklin e Nina Simone. No repertório, estão presentes também algumas canções autorais da artista como, “Frágil”, “Bem Longe”, “Problema de Expressão” e “Anestesia”.

A artista é acompanhada pela banda feminina mais charmosa de São Paulo: Graziela Zina na guitarra, Nicolle Paes na bateria, Fernanda Horvath no contrabaixo e Nathália Zanetti no piano. O projeto já passou pelos palcos do Riviera Bar, Ao Vivo Music, Ton Ton Jazz, Madeleine Jazz Bar, entre muitas outras casas renomadas da cidade de São paulo.

Sobre Érica Pinna

Érica Pinna tem no currículo  trabalhos em musicais nos Estados Unidos e no Brasil, como “West Side Story” e “Brooklin Cabaret“. além de ter trabalhado com grandes nomes da música brasileira, como Oswaldo Montenegro, Leandro Lehart, entre outros. Érica Já fez eventos para Pão de Açúcar, Rio Tinto e Circ du Soleil.

Sobre o Clipe “Frágil?”

O clipe da faixa do primeiro ep da cantora tem mais de 32.000 visualizações no youtube e chama a atenção por retratar o dia a dia de uma mulher submissa aos desejos de um marido, que não dá valor às delicadezas da esposa. Em busca do amor verdadeiro, a personagem descobre através de uma poção, como ter domínio sobre um homem autoritário e machista. Devido a falta de interesse por seu marido, a “esposa submissa” decide encomendar o homem ideal pela internet. Um homem, gentil, parceiro e apaixonado por ela.

“Esse clipe fala sobre respeito e parceria. É possível identificar no vídeo, o começo da história feminina, passando por sua revolução e chegando a um ponto em que acredito ainda estarmos longe: o respeito entre homens e mulheres e o entendimento de que sim, somos diferentes, mas que nenhuma diferença justifica qualquer discriminação.”, Érica Pinna.  

Assista “Frágil?”: http://www.youtube.com/watch?v=QhBNbDgdpeU

Contatos: showsdapinna@gmail.com

Telefone: 11- 99969-8667

Contato

15 + 14 =

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com