DW Days na America Latina

dwdaysEm comemoração por seu 40º aniversário, a DW anuncia a primeira versão do evento DW Days na América Latina. Trata-se de um festival itinerante que, este ano, contará com apresentações dos bateristas Marco Minnemann, Chester Thompson (Genesis, Phil Collins, Frank Zappa) e Álvaro López (RE-Q). A turnê tem datas confirmadas na Cidade do México (México, 18/6), Bogotá (Colômbia, 20/6), Quito (Equador, 22/6) e está confirmada a apresentação em São Paulo. Em cada show, grandes performances, e estão programadas sessões de “meet and greet” com os artistas, além de distribuição de prêmios.

Data: Segunda, 25 de junho às 18h00
Local: Auditório UNIP
Rua Apeninos, 614 – Aclimação
Convite em troca de 2 quilos de alimento pelo telefone: 11-5012.2777
Apoio: Pride Music, MIX FM

Veja como o Drum Channel Brasil fez a cobertura do evento:

O DW Days, evento em sua primeira edição na America Latina, trouxe ao Brasil os bateristas Chester Thompson, Marco Minnemann e teve a participação especial do brasileiro Robson Caffé. O previamente anunciado Álvaro López não pôde participar do encontro por problemas em seu visto de entrada no Brasil. O evento comemora os 40 anos da DW, hoje uma das mais aclamadas marcas de bateria do mundo. Veja os vídeos:

[vimeo]https://vimeo.com/44811118[/vimeo]

A Drum Workshop foi fundada em 1972 como um estúdio de bateria por Don Lombardi, que dava aulas particulares e eventualmente promovia oficinas (workshops). Don Lombardi e seu então aluno John Good (hoje vice-presidente da marca) começaram a vender pequenas peças de bateria para ajudar nos custos de manutenção do estúdio. Em seguida, a fábrica de ferragens Camco, que então fabricava os pedais de bumbo hoje conhecidos como a série 5000 da DW, ofereceu a Lombardi todo seu maquinário. Assim começava a grande e inovadora indústria na qual a DW se tornou.

[vimeo]https://vimeo.com/44807771[/vimeo]

O DW Days America Latina foi promovido pela própria DW e pela EM&T (Escola de Música & Tecnologia, representada por Giba Favery e por Mônica Lima), com apoio da Pride Music – Marcelo Juliani – (representante da DW no Brasil) e da rádio Mix FM. O coordenador do curso de bateria da EM&T, Giba Favery, foi o mestre de cerimônia do evento, apresentando os músicos ao teatro lotado.

[vimeo]https://vimeo.com/44807770[/vimeo]

O brasileiro Robson Caffé, baterista da banda EX4 e endorsee da PDP, marca pertencente ao grupo DW, abriu o workshop com muito entusiasmo, tocando sobre dois temas de sua banda, e terminou com um arranjo feito a partir do Hino Nacional brasileiro.

[vimeo]https://vimeo.com/45131334[/vimeo]

O americano Chester Thompson foi o segundo a se apresentar e, depois de agradecer ao público (com tradução do baterista Ricardo Mosca), solou por mais de 30 minutos. O baterista, que participou do Genesis e tocou com Phill Collins, Weather Report e Frank Zappa, mostrou toda sua experiência tocando levadas de fusion, jazz, rock, ritmos latinos e samba, com baquetas, mallets e escova e dando grande ênfase na dinâmica. Foi aplaudido de pé.

[vimeo]https://vimeo.com/45088534[/vimeo]

O alemão Marco Minnemann, baterista, compositor e multi-instrumentista, e também autor do premiado método Extreme Interdependence: Drumming Beyond Independence, começou sua apresentação tocando sobre um tema que havia composto horas antes, e depois mostrou todo seu virtuosismo. Com uma inacreditável independência entre os braços e pernas, Minnemann brincou com a bateria com técnica apuradíssima e abusou dos “ostinatos”, que parece ser a tendência nos atuais estudos de bateria. Terminou sua apresentação tocando sobre um tema de Speed Metal.

[vimeo]https://vimeo.com/45127789[/vimeo]

Depois dos agradecimentos feitos num simpático português, Marco Minnemann convidou Robson Caffé e Chester Thompson a se juntarem a ele no palco para uma “jam session”. Certamente por sugestão de Chester Thompson, o trio improvisou sobre dois trechos de músicas de Frank Zappa. Começaram com um trecho de “Trouble Every Day”, do álbum Freak Out (1966) e depois improvisaram sobre outro clássico fraseado de “Andy”, do álbum One Size Fits All (1973), no qual Chester Thompson toca bateria.

[vimeo]https://vimeo.com/45127790[/vimeo]

fernando-caetanoEntre as apresentações dos bateristas, os organizadores do evento  sortearam camisetas e um pedal de bumbo da série 3000, ganho pelo aluno  do EM&T Fernando Caetano.

O público que pôde presenciar o evento seguramente aprendeu muito com a apresentação dos três artistas. Esperamos que esse evento se repita nos próximos anos e em outras cidades do Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com