Donas da voz: Festival SÊLA reúne Tiê, Tássia Reis e As Bahias e a Cozinha Mineira no CCSP

Cinco dias de shows, festas e bate-papos para exaltar a mulher na música

Lugar de mulher é no palco fazendo barulho. Com essa filosofia nasceu o SÊLA, para selar a parceria entre mulheres da música e aumentar sua representatividade no mercado através de shows e ações coletivas. Nos dias 1, 2, 3, 4 e 5 de fevereiro acontece a primeira edição do Festival SÊLA, que convida diversas cantoras, compositoras e djs para subir no palco do CCSP, Breve e O Lourdes.

Ao todo, são mais de dez shows, dj sets e uma roda de conversas em cinco dias de programação. Nomes como Tiê (SP), As Bahias e a Cozinha Mineira (SP) e Tássia Reis (SP) são destaques no evento, além de outras artistas empoderadas como Anna Tréa (SP), Sara Não Tem Nome (MG), Camila Garófalo (SP), Natália Matos (PA), Luana Hansen (SP), Erica (SP), Larissa Baq (SP), Sandyalê (CE), Marina Melo (SP), Mel Duarte (SP), Amanda Mussi (SP), Juli Baldi (SP), Nina Oliveira (SP), Manallu (SP), Silvia Santanna (SP), Amanda (SP), S A NN I (Alemanha).

SÊLA: ser ela: colocar-se no lugar da outra

O mercado fonográfico sempre foi machista. Dalva de Oliveira sofreu por causa dos costumes da época, Carmen Miranda foi explorada por seu marido-empresário e Maysa só se libertou após a separação. Também na música, a mulher é vista como coadjuvante. Muitas delas, corajosas, vêm enfrentando o patriarcado. Cássia Eller era forte e independente. Em tempos de opressão, Rita Lee, Zélia Duncan e Daniela Mercury lutaram pelos mesmos objetivos: posicionamento e liberdade de criação/expressão. Hoje em dia, nomes como Karol Conká, Valesca Popozuda e Elza Soares fazem música de protesto por meio dos conceitos feministas. As mulheres estão quebrando paradigmas e desafiando preconceitos em todas as esferas. Nesse contexto e com esse propósito nasce o SÊLA, para reunir cantoras e musicistas capazes de criar, produzir e divulgar seu próprio trabalho.

Idealizado pela cantora e compositora Camila Garófalo após lançar o clipe “Camarim” ( https://www.youtube.com/watch?v=KsQHDVgbjOg ), o movimento reúne outras colaboradoras como as publicitárias Laíza Negrão e Fernanda Malaco, as produtoras culturais Marina Coelho e Cris Rangel, a jornalista Flora Miguel, a produtora musical Érica e a designer Fernanda Martinez. “Através da troca de experiências, encontramos um novo modelo de negócio em que deixamos de ser concorrentes para nos tornarmos sócias. A SÊLA não é um selo, é uma aliança entre mulheres da música”, explica Camila.

PROGRAMAÇÃO: 1, 2, 3, 4 e 5 de fevereiro

No dia 1 de fevereiro acontece a festa de abertura do Festival SÊLA no Breve, em parceria com o selo Lôca do Play. A mediadora Cris Rangel convida as cantoras Nina Oliveira, Manallu, Silvia Santanna, Anna Tréa e Amanda para debater sobre “Paradigmas da mulher na música”. Mais tarde haverá show da Anna Tréa com discotecagem da Juli Baldi.

Já no dia de Iemanjá, 2 de fevereiro, acontece a segunda atração do festival em parceria com a festa Baphyphyna, comandada pela produtora musical Érica. Além de seu show, também se apresentam nO Lourdes, a MC Dj Luana Hansen e S A NN I, artista da Alemanha. A discotecagem fica por conta de Amanda Mussi.

Para os dias 3, 4 e 5 de fevereiro haverão mais nove shows no palco do Centro Cultural São Paulo – CCSP. Dia 3 é dia de Tássia Reis se apresentar na sala Adoniran Barbosa com abertura de LaBaq e Marina Melo, que convida Mel Duarte para uma participação especial. Dia 4 quem comanda a cena é As Bahias e a Cozinha Mineira, com shows de abertura por Camila Garófalo e Sara Não Tem Nome. Fechando a programação no dia 5 de fevereiro, Sandyalê (CE) e Natália Matos (PA) mostram suas composições antes do grande show de encerramento de Tiê.

SERVIÇO: Festival SÊLA

• ♀  • ♀ • ♀ • FESTIVAL SÊLA NO BREVE • ♀ •  ♀ • ♀ •

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1276724895699098/

Dia 1

• QUARTA •

Demandas LÔCA DO PLAY no Festival SÊLA
Festa de Abertura
Roda de Conversa com o tema “Paradigmas da mulher na música”
Convidadas:  Nina Oliveira, Manallu, Silvia Sant’Anna e Amanda
Mediadora: Cris Rangel
Show: #MeClareia com Anna Tréa
DJ Set: Juli Baldi
○Onde: BREVE – Rua Clélia, 470. Pompeia
○Quando: Dia 02 de fevereiro às XX○
○Quanto: R$ 15 e R$ 20.

• ♀  • ♀ • ♀ • FESTIVAL SÊLA NO LOURDES • ♀ •  ♀ • ♀ •

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/556534841219628/

Dia 2

• QUINTA  •

FESTA DE IEMANJÁ Festival SÊLA + BAPHYPHYNA
Show: DJ Luana Hansen + Érica + SANNI (Alemanha)
Dj Set: Amanda Mussi
○Onde: O Lourdes – Rua da Consolação, 247, Loja 8
○Quando: Dia 01 de fevereiro às XX.
○Quanto: R$ 15.
Ingresso na porta.

• ♀  • ♀ • ♀ • FESTIVAL SÊLA NO CCSP • ♀ •  ♀ • ♀ •

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/809639549174477/

Dia 3

• SEXTA •

Abertura (30 min): LaBaq +  Marina Melo (+ Mel Duarte)
Show (1h):  Tássia Reis
○Onde: Sala Adoniran Barbosa
○Quando: Dia 03 de fevereiro às 19h.
○Quanto: R$ 15 inteira R$ 7,50 meia

Ingressos aqui → http://bit.ly/2i7Nwqf

Dia 4

• SÁBADO  •

Abertura  (30 min): Sara não tem nome + Camila Garófalo
Show (1h): As Bahias e a Cozinha Mineira
○Onde: Sala Adoniran Barbosa
○Quando: Dia 04 de fevereiro às 19h.
○Quanto: R$ 15 inteira R$ 7,50 meia

Ingressos aqui → http://bit.ly/2i7Nwqf

Dia 5

• DOMINGO •

Abertura (30min): Natália Matos  + Sandyalê
Show (1h): Tiê
○Onde: Sala Adoniran Barbosa
○Quando: Dia 04 de fevereiro às 19h.
○Quanto: R$ 15 inteira R$ 7,50 meia

Ingressos aqui → http://bit.ly/2i7Nwqf

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com