– Quais as influências da banda?

“Nós somos bastante ecléticos e talvez isso faça com que a banda tenha um estilo bem próprio. Mas bandas como Charlie Brown Jr., Natiruts, Rage Against The Machine e Foo Fighters são unânimes entre nós”, afirma Tico, um dos guitarristas da banda.

– Como vocês se conheceram?

“Eu já conhecia o Tico de alguns lugares e amigos em comum, mas nós começamos a nos juntar mesmo foi num show do Cidade Negra na nossa cidade e nos encontramos por acaso, conversamos, resolvemos fazer um som e formar uma banda naquele momento, desde então não nos separamos”, diz Marginal, vocalista do Crônicas.

“O Chucky entrou esse ano, precisávamos de um guitarrista solo e ele apareceu na Harpia [gravadora] com um amigo nosso e curtimos a vibe dele, o Tomas era amigo da irmã do nosso ex-baixista e tinha acabado de dar baixa no quartel, no outro dia ele era nosso baterista.

Já o Dani [baixista] entrou na banda um mês antes de gravarmos o CD, ele já tinha tocado com o Chucky em outras ocasiões e se encaixou perfeitamente na banda”, completa Marginal.

cronicas1

– Porque o nome “Crônicas de Rua”?

“Porque são histórias das ruas, que acontecem pelas ruas e achamos o nome bonito”, conta Marginal aos risos.

– Como é feita a composição das letras? Apenas um integrante que escreve, cada um escreve solo, o grupo todo colabora, como é?

“Geralmente quem escreve a letra sou e o Tico, e os moleques vem completando a ideia com a guitarra, baixo e a batera. É bem legal criar assim, todo mundo participa e isso pra música em si é muito bom”, explica Marginal.

– Pretendem sair em turnê para divulgar o álbum? Se sim, será a primeira de vocês ou já fizeram alguma? Se sim, tem alguma história bacana da estrada?

 “Sim, pretendemos fazer uma turnê mais pra frente. Nunca fizemos uma turnê e estamos ansiosos pra botar o pé na estrada logo”, diz o guitarrista Chucky.

– Quais são os próximos planos do Crônicas? Novo clipe, CD, DVD, a turnê, quais são?

“Os planos agora são fazer muitos shows por todo o Brasil, lançar um vídeo clipe e, se Deus quiser, gravar um DVD”, finaliza Tico.

Aproveite e conheça mais o som da banda, eles estão no YouTube , Soundcloud e Facebook.

cronicas