Clangendum reúne caldeirão rítmico no álbum de estreia “PsicoDisco”
28 de junho de 2017
Paroxismos, o segundo disco da banda gorduratrans já está disponível
28 de junho de 2017

Com participação de Clarice Falcão e Aline Lessa, Daniel Villares lança Catavento

Foto: Zéca Vieira

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Foto: Zéca Vieira


Primeiro disco do cantor carioca foca em temática autobiográfica

O que vento traz? Segundo o primeiro disco do cantor e compositor carioca Daniel Villares, o leve frescor atrelado ao sentimento de liberdade. “Catavento” contém nove faixas inéditas e uma bônus, além da participação de Clarice Falcão e Aline Lessa. O trabalho está disponível nas maiores plataformas de streaming, vídeo e download pelo selo Garimpo, braço fonográfico da página Brasileiríssimos, especializada em cultura nacional e com mais de nove milhões de fãs.

“A mensagem do disco é a de você buscar ser feliz e ser a pessoa que você realmente é e não aquilo que as pessoas acham que você deve ser ou que você mesmo se convenceu que é o “correto” de se ser. Eu passei uma vida negando ser o que eu era e tentando me encaixar em certas expectativas, seja de terceiros ou próprias. No final das contas, resolvi seguir o meu sonho que eu tentei por tanto tempo sufocar, que é fazer música”, explica o cantor.

Como faixa bônus do material, “Forever”, com participação de Clarice Falcão, expõe a dualidade de momentos do cantor, já que foi gravada em 2014 para o EP “Man on The Moon”. Outra que tem participação especial é “Se Eu Disser”, com Aline Lessa, funcionando como uma conversa entre um casal sobre o caminho de seu relacionamento. Bubu Silva, trompetista do Los Hermanos, também participa do animado frevo “Eu Juro”. O primeiro single é “O Que o Vento Traz”: um registro sentimental voz e violão que versa sobre olhar para trás e passar as coisas boas para frente.

O disco tem masterização, produção e mixagem de Elísio Freitas (Lenine, Moska, César Lacerda), co-produção de Gus Levy (Rubel) e arte de Letícia Miranda. Os músicos que gravaram foram, além dos produtores e do artista, Nelsinho Freitas (acordeom), Miguel Travassos (bateria), Pedro Fonte (bateria), Kayan Guter (baixo) e Caio Barreto (violão). Todas as composições são de Daniel Villares.

Sobre Daniel Villares:

Cantor e compositor carioca, Daniel transita entre diversos estilos musicais e referenciais culturais, puxando principalmente a música americana e britânica da década de 60, o samba, o jazz, o groove e a MPB. Possui centenas de músicas e se manteve recluso até o lançamento do EP “Man on The Moon”, em 2014, recebendo elogios de artistas como Mallu Magalhães e Clarice Falcão.

Após um período de autoconhecimento, Daniel se redescobriu e mudou sua forma de compor e se expressar, criando o disco “Catavento”, lançado em junho de 2017. A primeira faixa a ser lançada foi “Sei”, na coletânea Garimpo, lançada pelo selo de mesmo nome, que em seguida o contratou. O carro chefe do registro é a canção “O Que o Vento Traz”, com clipe dirigido pela TocaVídeos.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Os comentários estão encerrados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com