BANDA SOUTO LANÇA VIDEOCLIPE “MORENA DA BARRA
23 de março de 2017
ZÉ CAFOFINHO APRESENTA SEU CASULO NO SESC BELENZINHO
23 de março de 2017
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Foto: Uanderson Brittes

Banda baiana gravou seu primeiro videoclipe na Praia da Ribeira, em Salvador (BA)

Carregada de questões mundanas e a constante busca pelo autoconhecimento, a “Circo Litoral”, após lançar o álbum de estreia intitulado “Além do Mar”, resolveu dar uma representação visual para a música título deste trabalho, que teve a produção assinada por Thiago Ribeiro (Toco y me voy) e Dieguito Reis (Vivendo do Ócio).

No clipe, dirigido por Mário Neto, há uma metáfora que compara o mar com experiências já vividas, mostrando que, depois de muito navegar, o verdadeiro “eu” é, enfim, encontrado.

Todas as imagens foram gravadas na Praia da Ribeira, localizada na Cidade Baixa, Salvador (BA), onde vive a maioria dos integrantes do grupo. “Para esse material pensamos justamente na transição de um mundo caótico, pautado pela rotina e pela padronização, para um mundo interno de autodescoberta, figurado pela ideia de mergulho nas águas do oceano que contornam o local onde a banda nasceu”.

Assista aqui:

Sobre a Circo Litoral:

Circo Litoral surgiu em agosto de 2012 e se inclui num contexto de auto-afirmação da música alternativa produzida em terras baianas. A banda se posiciona no limiar entre a nova música popular brasileira e o rock alternativo e independente.

O nome veio do conceito “panis et circenses”, que remete a ideia de que o povo só precisa de comida e diversão promovida pelos abastados. O circo foi armado há muito tempo em terras litorâneas, os padrões músicais e de entretenimento já são pré-definidos, a liberdade artística é minada e a qualidade fica à mercê. O litoral brasileiro, que tanto inspira, acaba por se tornar sinônimo apenas de festa e carnaval. Viemos pra dizer que não estamos acomodados e que existe criação artística além do básico.

O grupo possui influências diversas, que partem da cena do rock indie-alternativo internacional dos anos 2000 e chegam aos grupos brasileiros também alternativos e atuais, mas que se apropriam em grande parte da música popular brasileira. Servem de modelo bandas estrangeiras como The Strokes, Artic Monkeys e The Killers, The Kooks, Last Dinossaurs. Em âmbito nacional podem ser citados projetos brasileiros como Curumim (SP), Móveis Coloniais de Acajú (GO), Mamelungos(PE), O Terno(SP) e Vespas Mandarinas(SP), que fazem parte da aproximação da música alternativa com a música brasileira, tão em voga nos anos 2010. Além disso não se pode deixar de citar as conterrâneas Cascadura, Novos Baianos, Maglore e Vivendo do Ócio, que levam por todo esse período, e de tempos em tempos, a música produzida na Bahia para o resto do Brasil e do mundo.

Tentando fugir das classificações engessadas, a Circo litoral pode ser ouvida em acordes dissonantes, melodias bem construídas e letras que têm uma poética emocional e empática.

Na sua formação original, em 2012, a banda era composta por alguns personagens já experientes na cena rock de Salvador como Leonardo Matos no vocal, que participou da Banda Nothing to Lose, Caio Galvão e Ícaro Cruz nas guitarras e Marcos Paixão no Contra-Baixo, que tocavam juntos na banda Efeito Joule, além de Rafael Paixão na Bateria. Em 2013 Miguel Paixão assumiu o Baixo, marcando o início da produção do primeiro lançamento da banda.

SoundCloud: https://soundcloud.com/circolitoral
Youtube: https://www.youtube.com/circolitoral/videos
Facebook: https://www.facebook.com/CircoLitoralOficial/
Twitter: https://twitter.com/circolitoral

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Os comentários estão encerrados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com