“Brazilian Pop Music”, novo projeto de Aline Muniz, é o primeiro passo para a carreira internacional

Foto: Alexia Magalhães

Com 16 faixas, entre regravações e versões, o compilado lista duas músicas inéditas

Depois de três discos lançados, Aline Muniz se prepara para sua carreira internacional. A cantora já tem uma relação próxima com o exterior, principalmente com Nova York, cidade onde divide residência com São Paulo. “Brazilian Pop Music” é o seu novo projeto, que visa uma nova fase na carreira – desta vez, fora do país.

O compilado conta com 16 faixas, entre elas encontramos interpretações de canções consagradas, versões com novas roupagens e outras autorais. “Mensaje de Amor” é uma versão em espanhol da conhecida “Mensagem de Amor”, da banda Paralamas do Sucesso“Ribbon In The Sky” é uma releitura do clássico de Stevie Wonder. Ela ainda reservou espaço para duas inéditas, “Pra Que Ficar Sozinho” – que ganhou videoclipe junto ao lançamento deste trabalho –  e “Porque Era Amor”, que fecham o álbum com chave de ouro.

Além das influências de Bossa Nova e MPB, o trabalho tem pincelados se música eletrônica e um pop sofisticado. “Brazilian Pop Music” apresenta uma Aline cada vez mais madura e decidida. Sua mudança e evolução, que já havia se escancarado em “Outra” – último disco lançado em 2015-, ficou evidente e incontestável agora.

Depois do sucesso do álbum, trabalhado no Brasil e em Nova York, Aline Muniz pôde comemorar 570 mil views no clipe de “Eu, Você e Mais Ninguém”. A mesma música, depois de tanto carinho que recebeu do público, ganhou um rework realizado pelo DJ croata D3, onde ganhou uma versão dançante e ainda mais leve.

Escute “Brazilian Pop Music”

Spotify
Deezer
iTunes

Aline Muniz na web

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
Site

Sobre Aline Muniz
Com três álbuns lançados muito bem recebidos pela crítica, Aline Muniz vem sendo cada vez mais reconhecida pelo público da MPB, e agora conquista o cenário pop adulto com seu último trabalho.

Aline começou a estudar música aos 12 anos e aos 15 já se profissionalizou como cantora. Seu primeiro álbum, Da Pá Virada (2008), produzido por Marco de Vita e Lua Lafaiette, veio em 2008 com composições como “O Negócio É Amar”, de Carlos Lyra e Dolores Duran e a música de trabalho “Básica” de Tatiana Cobbett, que estourou entre as mais tocadas nas rádios brasileiras. O sucesso do disco a fez ser convidada pela Rede Globo de Televisão para homenagear Moraes Moreira no programa Som Brasil. Na ocasião, interpretou, entre outras, a canção “Bloco do Prazer”. O primeiro trabalho também foi destaque nas trilhas sonoras de telenovelas da Rede Record com as músicas “Saindo de Mim” e “Sai Dessa”.

Em 2011, lançou seu segundo álbum Onde Tudo Faz Sentido com composições autorais em parceria com Marco de Vita. E não é só o talento inegável como compositora que está presente no disco, mas, também a voz surpreendente interpretando clássicos como “Deixa Chover” de Guilherme Arantes e “Mensagem de Amor” de Herbert Vianna. Além de sua performance marcante ao interpretar a canção “Senhorinha”, do compositor e violonista brasileiro Guinga, tema da novela “Escrava Mãe”.

No segundo semestre de 2016, Aline iniciou uma temporada em Nova York, nos Estados Unidos, fazendo um curso voltado para música e trabalhando na concepção musical para o mercado internacional.

Definitivamente Aline Muniz, se mostra como uma das principais cantoras da nova cena musical e a coloca como destaque no hall das grandes divas nacionais.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com