Anthares

anthares_logo_novo_1

 

1085484_10200729083695203_350588608_n2

 

ANTHARES CAPA FINAL

 

FTxkuAE

 

 

 

O Anthares é uma das bandas pioneiras do Metal Nacion­­al e permanece na ativa há 30 anos, mostrando Thrash Metal de alta qualidade com muita garra.

Formado na cidade de São Paulo, o Anthares tornou-se uma realidade em 1985, quando a primeira formação da banda se consolidou com Evandro Júnior na bateria e Pardal Chimello no baixo, remanescentes até hoje, além dos guitarristas Cristian Echenique e José Aranha e do lendário vocalista Henrique “Poço”.Alienação social em toda a sua diversidade, distúrbios da mente humana, violência social, caos mundial das guerras, pesadelo nuclear sempre fizeram parte das letras com direcionamento contestador desde suas primeiras composições.

Em 1987, o Anthares lançou o álbum “No Limite da Força”, que é considerado até hoje um dos principais clássicos do Thrash Metal do Brasil e é uma evidência do pioneirismo da banda. Na época, o Anthares participou de grandes festivais, dividindo os palcos com grandes nomes da cena como: Sepultura, Dorsal Atlântica, Attomica, MX, R.D.P., Korzus dentre outros.

Em 1989, vieram mudanças na formação com as saídas do vocalista Henrique “Poço” e do guitarrista Cristian, substituído pelo guitarrista Eduardo Topperman (ex-Korzus).

Em 1991, o guitarrista Aranha cedeu seu lugar a Mauricio Amaral e, no final deste mesmo ano, a formação se estabilizou definitivamente com a chegada do vocalista Renato Higa. Com essa formação, o Anthares gravou duas demo tapes cantadas em inglês: Cannibal em 1993 e Retalliation em 1995.

Em 1996, os objetivos de vida de cada um dos membros da banda seguiram caminhos distintos e a banda encerrou suas atividades.

Em Junho de 2004, Frank Gasparotto convidou os membros do Anthares para realizar uma única apresentação. A mesma formação de 1996 estaria presente, porém o vocalista Renato, morando fora do Brasil, não poderia participar. Desta forma, o próprio Frank assumiu os vocais com os remanescentes dos anos 90. Aquilo que seria uma apresentação única se multiplicou e o Anthares fez vários shows entre os anos de 2005 e 2006, tocando as músicas do disco No Limite da Força.

No fim de 2008, com a entrada de Diego Nogueira como vocalista, a banda iniciou o trabalho de reformulação do repertório, incorporando novas músicas, que são provas inegáveis do novo direcionamento musical, evidenciado pela técnica e pelo peso.

Em 2010, o álbum No Limite da Força foi relançado em CD no Brasil pela Rock Machine Records e em vinil em Portugal pela Blood and Iron Records. Desde então, as composições, com letras em português, foram intensificadas e os shows acontecendo em diferentes pontos do Brasil.

Em 2011, o Anthares participou da coletânea Ratomaniax de tributo ao Ratos de Porão, gravando a música Plano Furado, que também foi transformada em vídeo clipe.

Em 2013, o repertório do novo álbum foi concluído, mantendo as velhas raízes mescladas com a nova agressividade destrutiva, e iniciaram-se as gravações das 10 músicas de “O Caos da Razão”.

Em 2015, o resultado de todo o trabalho foi recompensado, já que em março “O Caos da Razão” foi lançado. A repercussão no meio dos headbangers tem superado as expectativas e a aceitação do novo álbum tem sido praticamente uma unanimidade. Os shows estão acontecendo e a cada dia o Anthares consolida seu nome como uma das grandes forças da cena Heavy Metal brasileira.

Contato

14 + 10 =

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com