About a Soul lança segundo CD “Give Me Something Real”


Ainda intimista só que mais enérgico, lançamento confirma sucesso da banda folk do interior de SP

Em um momento em que tudo é tão volúvel e superficial, a banda About a Soul volta aos palcos com “Give me Something Real”, segundo CD do grupo. Com 12 faixas autorais, a nova bolacha dos meninos de Americana (SP) ainda traz o universo intimista já conhecido pelos fãs, porém, com uma presença mais enérgica em canções que trazem reflexões sobre a vida, a sociedade, o mundo e – claro – os momentos pessoais de cada um dos integrantes.

Produzido em um ano de dedicação e muito labor por parte de todos os integrantes, GMSR tem também um toque de naturalidade e despretensão, o que deixou tudo mais harmonioso com o público, que já conhece a banda que está desde 2013 na estrada com o single “Walking in My Shoes” e sacramentou o sucesso no álbum “The Legend Of Seas”“A gravação foi a mais natural possível pra demonstrar que assim como tocamos ao vivo, tocamos no disco também. E cada música se conecta com a ideia do disco. Amores jogados fora, sentimentos nada sólidos, corações fraquejados pela desilusão e a ideia de buscar o amor real em um mundo tão obscuro”, comenta Renan Mantovani, baterista da About.

O vocalista Lucas Macedo comenta que o segundo CD tem também mais energia em relação ao primeiro trabalho do grupo, além de transparecer o amadurecimento da banda. “Aprendemos muito durante nossos shows nos últimos anos e então tentamos fazer um álbum mais próximo do que sempre fazemos ao vivo, que é ter mais nuances nas músicas, tanto na hora da explosão quanto na hora de deixar a música no chão”.

As nuances destacadas por Lucas estão em “Nameless”, uma das principais músicas do lançamento. “É uma musica que fala sobre um relacionamento conturbado e tem a ideia de como muitas pessoas mudaram a maneira de se ver um relacionamento hoje, como se isso fosse um jogo, esquecendo-se dos sentimentos envolvidos e o quanto isso traz decepções”, reforça.

GMSR ainda tem “Heart and Soul”, single que marcou a nova musicalidade da banda, e “Baby”, que vem com uma pegada de blues deliciosa, uma crescente incrível e letras trazendo a superação de um amor perdido. “Ela surgiu em um daqueles dias que você tem a sensação de estar entorpecido. Durante um pequeno período de reflexão, comecei a escrever na letra tudo aquilo que eu nunca tive a oportunidade de falar pessoalmente para uma determinada pessoa. Foi como se ao fazer aquilo, eu estivesse liberando meu coração dos traumas e estivesse sarando-o para novas experiências. Ao som do meu teclado, comecei a criar algo em cima desses sentimentos e tudo fluiu naturalmente”, explica Diego Ferreira, tecladista e autor da música.

O novo CD já está disponível em plataformas de streaming como iTunes, Vivo Napster e Spotify.

Ouça agora no Spotify

Sobre a About a Soul
Formada por Renan (baterista), Lucas (voz e violão), Henrique Leme, 26 (guitarra), Thierri Bispo, 27 (baixo) e Diego Ferreira, 30 (teclado), a About a Soul começou em 2012, quando o cenário para o mercado folk era muito favorável. A fonte veio principalmente de City and Colour, mas outras bandas ajudaram a constituir o som do grupo, como Mumford and Sons, Of Monsters and Men, Damien Rice, Johnny Cash, Bob Dylan, Jack White e Ben Howard.

Em 2013, lançou os singles “Walking in My Shoes” e “The Valley”, que emplacaram e conquistaram o público aficionado por folk. O álbum saiu no dia 20 de junho do mesmo ano, intitulado “The Legend Of Seas”.

Logo após o lançamento, os frutos que confirmavam o sucesso do formato da banda surgiram. A Converse Rubber Tracks demonstrou interesse em gravar “Heart and Soul”, a About participou da edição 2014 da Virada Cultural e também no EDP Live Bands de 2016, onde ficou entre as oito finalistas, concorrendo com mais de 1,5 mil bandas de todo país, com apresentação no palco da UNIBES Cultural em São Paulo.

Fora estas conquistas, a banda já fez turnê em vários cantos do Brasil, como em Brasília e no Rio de Janeiro, passando pelo palco do SESC Barra Mansa no Centro Cultural CSN, em Volta Redonda. Boa parte da quilometragem é percorrida a bordo de Judite, uma Kombi 77 toda equipada e aconchegante para longas viagens do grupo.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com