francisco, el hombre tem encontro com Maria Gadú na Casa Natura Musical
16 de julho de 2018
Meio gringo, meio brasileira: ouça “Amiga”, primeiro single do novo duo Winter & Triptides
18 de julho de 2018

A bordo de uma Kombi, Čao Laru e Luiz Gabriel gravam clipe juntos

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Crédito: Mariana Lima

Banda franco-brasileira e compositor mineiro passaram por 7 cidades em junho

Dois artistas com alma de aventureiros, a bordo de uma kombi, caindo na estrada para levar sua música para além dos grandes centros. Parece roteiro de ficção, mas é real: a banda franco-brasileira Cao Laru – formada por 8 músicos e famosa por rodar a Europa, América Latina e Brasil em uma kombi – se une ao compositor mineiro Luiz Gabriel Lopes, reconhecido por suas andanças em violão e voz por mais de 15 países. Em junho, eles se uniram para percorrer 7 cidades, entre Minas Gerais e São Paulo.

Assista aqui:

Sobre o Cao Laru

A história do Cao Laru não poderia ser senão curiosa – e inspiradora. Em 2014, eles cursavam mestrado em Pedagogia Musical em Rennes, na França. Decididos a colocar em prática os conceitos que aprendiam na universidade, eles resolveram montar uma banda de “músicos interventores”, que ocupavam, com música, espaços como asilos, creches e hospitais. Começava a se desenhar ali um dos pilares do Cao Laru: a vontade de levar música a qualquer lugar.

Em 2016, numa viagem a Cuba, eles tiveram a primeira experiência em levar essa arte para fora da França – e gostaram tanto da equação banda na estrada + conhecer lugares e pessoas novas, que decidiram: seriam, a partir dali, uma “banda viajante”.

Desde então, o Cao Laru é um fenômeno. Em junho daquele ano, alugaram um motorhome e ficaram quatro meses na estrada. Passaram por 13 países, entre a França e a Romênia. Na Suíça, descobriram que tocar nas ruas e feiras de artesanato – e passar o chapéu ao final das apresentações – lhes rendia dinheiro suficiente para que os seis músicos se sustentassem. Aqui, nasce outro pilar do grupo: o longo tempo em que permanecem juntos, fazendo dezenas de shows em sequência, por meses, como é o caso da atual turnê no Brasil.

Em outubro de 2016, vieram ao Brasil e compraram uma Kombi. E foram da Bahia até a Patagônia, na Argentina, totalizando 7 meses na estrada, 25.000 quilômetros rodados e incontáveis apresentações. Para um esquema tão original funcionar, é preciso organização. A cada turnê, eles dividem funções: um acorda o grupo no horário correto; o outro é responsável pela faxina da Kombi; outro cuida dos mapas para eles não se perderem nas longas viagens; e há o cozinheiro e o lava-louças, além do motorista, é claro.

“Também temos uma regra: cada músico é responsável pela produção de uma turnê”, explica Noubar, que assumiu a organização dos shows no Brasil. Só em 2018 a banda percorreu 6 estados e mais de 30 cidades em 45 shows num período de 75 dias. Agora em julho, seguem rumo a Europa para uma mini turnê que passará pela Franca e Suíça.

Criado na França por seis músicos que optaram por somar suas raízes e seus diferentes universos para a criação de uma música que viaja, que aprende, que se transmite e que não abdica do direito de se transformar. Sua formacão atual é comporta por sete integrantes: Noubar Sarkissian Junior (cavaquinho, violão, pandeiro e voz), Felipe Trez (bateria), Pedro Correa Abrantes Pinheiro (baixo e contrabaixo), Laura Aubry (acordeom e voz), Marie Tisser (violoncelo e voz), Louise Aleci (violino e voz) e Victor Ledoux (saxofone e voz). A turnê passa por casas de shows independentes, bares, teatros, Sesc’s e eventos de prefeituras, mas também conta com apresentações gratuitas em praças, feiras e até na casa de fãs da banda.

Facebook: www.facebook.com/caolaru
Spotify: bit.ly/CaoLaruSpotify
Youtube: http://bit.ly/CaoLaruYoutube

Sobre Luiz Gabriel Lopes

Conhecido por seu trabalho à frente do Graveola, Luiz Gabriel Lopes é um cantor e compositor brasileiro. Hoje tem residência no Brasil, e passa temporadas entre Belo Horizonte e São Paulo, com incursões frequentes pela Europa e América Latina. Em 2017, lançou seu terceiro disco solo, “MANA”, com shows de lançamento em Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Nos últimos anos, LG dividiu gravações e palcos com artistas como Chico César, Xangai, Samuel Rosa, Ceumar, Aline Frazão, Ana Cañas, Zé Manoel, Maurício Pereira e Patricia Bastos. Com larga circulação internacional, já se apresentou em mais de 15 países, incluindo palcos de renome como o FMM Sines, em Portugal (2011 e 2016), o Roskilde Festival, na Dinamarca (2016), a WOMEX, na Grécia (2012) e o Festival Brasil4040, na Argentina (2016).

Criador prolífico, explora em sua música um campo de interseção entre visões e sentimentos de mundo dos países de língua portuguesa. Os muitos sotaques do Brasil, mas também de Angola, Cabo Verde e Portugal, se encontram em um caldo mestiço, igualmente atravessado pela identidade latinoamericana. Seu rico e vasto repertório autoral expressa suas várias nuances de intérprete em uma intensa performance no palco, a solo ou acompanhado de sua banda-base, “O Cangaço Lírico”.

Também reconhecido por seu forte trabalho de articulação da cena cultural em várias frentes, é diretor artístico da Mostra Cantautores, festival que desde 2011 acontece anualmente em Belo Horizonte.

Facebook: www.facebook.com/lglopesbr
Spotify: http://bit.ly/LuizGabriel_MANA
Youtube: http://bit.ly/luizgabriellopes

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Os comentários estão encerrados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com